Publicado 12 de Setembro de 2021 - 14h21

Por Estadão Conteúdo

Uma cena triste marcou o jogo entre Leeds United e Liverpool neste domingo, pelo Campeonato Inglês. Os visitantes saiam em velocidade para o ataque, aos 12 do segundo tempo, quando Strujik deu um carrinho por trás no jovem Elliott, de somente 18 anos, ocasionando grave fratura na perna do atacante no Elland Road.

A gravidade da lesão foi constatada de imediato por Mohamed Salah, que estava ao lado do companheiro para a tentativa do contragolpe. O egípcio chegou perto do companheiro para acalmá-lo e imediatamente pediu auxílio dos médicos. E já saiu de perto, assustado ao ver a perna do jovem partida em duas partes.

O técnico Jürgen Klopp ficou extremamente indignado na beirada do campo. Balançou a cabeça reprovando o lance e entrou no campo pedindo ação do árbitro. O jogador do Leeds foi expulso após a cobrança do técnico alemão.

O brasileiro Raphinha ainda tentou argumentar com o árbitro que seu companheiro não teve a intenção de machucar o rival, mas o lance foi muito forte. Strujik ainda ficou observando o atendimento, possivelmente arrependido do excesso de violência utilizado no lance. Saiu de campo desolado, abatido e com semblante de incredulidade, também acusando o golpe.

O atendimento foi rápido, com médicos tentando acalmar Elliott. Normalmente em lances assim, o jogador apaga. O jovem não perdeu a consciência. Ele deixou o campo de maca, aplaudido pelo público presente no estádio do Leeds e agradeceu a força recebida. Apesar do apoio ao jovem rival, a torcida estava bastante irritada com o trabalho do árbitro, vaiando-o em alguns lances e aplaudindo-o com ironia quando anotava faltas a favor do time.

Escrito por:

Estadão Conteúdo