Publicado 11 de Setembro de 2021 - 23h17

Por Estadão Conteúdo

O Goiás levou a melhor na disputa dentro do G-4, a zona de acesso à primeira divisão, da Série B do Campeonato Brasileiro ao vencer o CRB, por 1 a 0, neste sábado à noite, no estádio Rei Pelé, em Maceió (AL), pela 23.ª rodada. O time goiano assumiu a vice-liderança com 42 pontos, três abaixo do líder Coritiba e um na frente do Botafogo (41), em terceiro. O CRB caiu para a quarta posição, com 40 pontos.

Para provocar estas mudanças dentro do G-4, o Goiás se mostrou competitivo e derrubou a série invicta do CRB, que ainda não tinha perdido na competição em casa. Além disso, vinha de 11 rodadas sem perder. O Goiás completou nove jogos de invencibilidade e segue sonhando com a sua volta à elite nacional em 2022.

A primeira grande chance foi protagonizada pelo CRB aos 21 minutos. Diego Torres cobrou escanteio curto para Jajá, que limpou e cruzou no meio da pequena área. Marthã subiu entre os zagueiros e testou firme no travessão.

Até então, o time alagoano era soberano. Mas o Goiás abriu o placar aos 24 minutos. Após cruzamento do lado esquerdo, Élvis ajeitou a bola com o pé direito e bateu com estilo de pé esquerdo no alto e no meio do gol.

Por alguns momentos, o CRB se desorientou, mas logo voltou a ter a posse de bola. O Goiás, mais tranquilo, pode usar os contra-ataques e chegou duas vezes com perigo dentro da área. Faltou caprichar um pouco mais na finalização.

Na volta do intervalo, o técnico Marcelo Cabo, do Goiás, foi até o centro do gramado para reclamar da arbitragem sobre os xingamentos de alguma pessoa da arquibancada. Ele se irritou bastante e atrasou o reinício do jogo.

Em campo, o mesmo cenário se repetiu no segundo tempo, com o CRB mantendo a posse de bola e o Goiás esperando um contra-ataque para ampliar o placar. O CRB quase empatou aos 22 minutos, num chute rasteiro de Renan Bressan e que foi defendido por Tadeu. O goleiro espalmou a bola para escanteio, numa grande defesa.

Depois disso, o Goiás se fechou, Marcelo Cabo usou suas cinco trocas para oxigenar seu time e conseguiu segurar a importante vitória. Nada anormal para o Goiás que tem a melhor defesa, com 14 gols sofridos, e passou 13 jogos sem levar gols.

Na 24.ª rodada, o CRB vai receber o Vasco, quinta-feira, às 19 horas, de novo no Rei Pelé. O Goiás também vai atuar em casa, mas no sábado diante do Brasil de Pelotas-RS, a partir das 19 horas.

FICHA TÉCNICA:

CRB 0 x 1 GOIÁS

CRB - Diogo Silva; Reginaldo (Emerson Negueba), Frazan, Caetano e Guilherme Romão; Marthã, Wesley (Renan Bressan) e Diego Torres (Alisson Farias); Pablo Dyego, Júnior Brandão (Nicolas Careca) e Jajá. Técnico: Allan Aal.

GOIÁS - Tadeu; Dieguinho (Albano), David Duarte, Reynaldo e Hugo (Iago Mendonça); Rezende, Caio, Fellipe Bastos (Matheus Salustiano) e Élvis (Ivan); Dadá Belmonte (Daniel Oliveira)e Nicolas. Técnico: Marcelo Cabo.

GOL - Élvis, aos 24 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS - Frazan (CRB); Élvis (Goiás).

ÁRBITRO - Salim Fende Chavez (SP).

RENDA E PÚBLICO - Jogo sem torcida.

LOCAL - Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL).

Escrito por:

Estadão Conteúdo