Publicado 11 de Setembro de 2021 - 16h52

Por Estadão Conteúdo

Max Verstappen não se iludiu com as palavras de Lewis Hamilton que previu uma "vitória fácil" do pole position no GP da Itália, neste domingo. Sem desprezar o rival na luta pelo título e em quarto no grid, e também Valtteri Bottas, outro piloto de Mercedes, que apesar de sair em último pode surpreender na estratégia, o holandês revelou apostar em uma boa largada como caminho para evitar pressão e sofrimento no GP da Itália.

Ciente da dificuldade em ultrapassar em Monza, o piloto da Red Bull vai investir tudo na largada para tentar ampliar a vantagem na liderança, hoje em cinco pontos sobre Hamilton (226,5 a 221,5 após dois pontos somados na Sprint Race). Ele sabe que pode sofrer com ataque dos dois pilotos da McLaren, logo na sua cola no grid, também, mas não quer perder a primeira posição no começo e vai arriscar.

"Foi importante começar bem e conseguimos", afirmou Verstappen. "Especialmente em um fim de semana como este em que parecemos estar um pouco atrás da Mercedes, foi fundamental um resultado positivo. Mas é claro, eu sei que amanhã será complicado. Mesmo Lewis largando em quarto e Valtteri vindo da retaguarda, ainda têm muito ritmo no carro", enfatizou.

Nada de o holandês desprezar os principais rivais em Monza, mesmo mandando um alerta. "É muito difícil de passar, como puderam ver. Então, para mim, acho que será importante uma boa largada", avaliou. "Preciso tentar abrir uma brecha no início da corrida. Mas, novamente, muitas coisas podem acontecer, carros de segurança e outras coisas. Vamos apenas tentar tirar o melhor proveito da pole, que com certeza hoje foi muito bom para nós."

Diferentemente de GPs anteriores, nos quais festejou bastante a pole position, em Monza o líder do Mundial de Pilotos não esbanja tanta confiança. Dizendo-se "um pouco confiante", o holandês prega bastante concentração. "Estou sempre olhando para a frente, mas sei que eles têm ritmo para lutar contra mim", enfatizou, sobre a Mercedes. "Só preciso concentrar em mim amanhã, principalmente na largada, e depois veremos o que acontece. Vai ser uma boa corrida amanhã."

Escrito por:

Estadão Conteúdo