Publicado 11 de Setembro de 2021 - 5h36

Por Estadão Conteúdo

De volta ao G4 - grupo de acesso -, o Botafogo não quer saber de tropeço neste sábado, quando receberá o Londrina, às 16h30, no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. A sequência positiva também anima o time carioca.

Dos últimos cinco jogos disputados, o Botafogo venceu quatro e empatou um. Na última rodada, os cariocas chegaram aos 38 pontos e assumiram a quarta posição. A diferença para o Avaí (5º) é de um ponto, mas pode aumentar para quatro, já que o adversário já atuou na rodada.

De outro lado, o Londrina continua na briga para deixar a zona de rebaixamento. Na última rodada, os paranaenses perderam para o líder Coritiba, por 3 a 2, em casa, e permaneceram com os mesmos 21 pontos e em 18º lugar. São três jogos seguidos sem vitória, sendo dois empates e um revés.

Quanto ao time, o técnico Enderson Moreira tem problemas para escalar o Botafogo. Aliás, o próprio treinador é um dos desfalques, já que o STJD aumentou por mais dois jogos a punição referente a sua expulsão no duelo contra o Confiança, na 14ª rodada.

Entre os 11 titulares, o zagueiro Joel Carli torceu o tornozelo esquerdo e foi vetado pelo departamento médico. Gilvan e Mezenga são as opções para ocupar seu lugar. No ataque, Rafael Moura recebeu o terceiro amarelo e cumprirá suspensão automática, abrindo caminho o retorno de Rafael Navarro.

Outra baixa é o jovem volante Romildo, reserva com Enderson Moreira e que também ficará de fora para tratar uma torção no tornozelo direito. Regularizado nesta semana, o lateral Rafael ainda não tem condição de jogo, o que deverá acontecer somente após duas semanas.

O Londrina terá mudanças no sistema defensivo. No gol, César passou por cirurgia no joelho e ficará ausente por pelo menos um mês. Dalton assumirá o seu lugar. Na lateral-direito, Elácio Cordoba, contratado junto à Inter de Limeira-SP, foi regularizado e deverá estrear. Assim, Matheus Bianqui, que vinha sendo improvisado no setor, retornará ao meio-campo no lugar de Celsinho ou Lucas Lourenço.

Além do goleiro César, seguem entregues ao departamento médico o volante Marcel, os meias Mossoró e Marcelo Freitas; e atacante Victor Daniel.

Escrito por:

Estadão Conteúdo