Publicado 10 de Setembro de 2021 - 12h51

Por Daniela Amorim

Após um avanço de 1,2% no volume vendido em julho ante junho, o varejo opera em patamar recorde dentro da série histórica da Pesquisa Mensal de Comércio, iniciada em 2000, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira, 10. Já o varejo ampliado, que cresceu 1,1% em julho ante junho, está em nível 3,8%, aquém do ápice registrado em agosto de 2012.

O IBGE ainda informou nesta sexta que revisou o resultado das vendas no varejo em junho ante maio, de uma queda de 1,7% para uma alta de 0,9%.

Segundo Cristiano Santos, analista da pesquisa do IBGE, a revisão acentuada é decorrente do próprio modelo de ajuste sazonal, que tem sido afetado por mudanças no padrão de consumo das famílias decorrentes da pandemia de covid-19.

No varejo ampliado, a taxa de junho ante maio foi revisada de um recuo de 2,3% para queda de 2,1%.

Escrito por:

Daniela Amorim