Publicado 10 de Setembro de 2021 - 12h01

Por Estadão Conteúdo

O jogador de 36 anos não esteve em campo na vitória da seleção de Portugal por 3 a 0 sobre o Azerbaijão, na última terça-feira, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022

Divulgação/Manchester United

O jogador de 36 anos não esteve em campo na vitória da seleção de Portugal por 3 a 0 sobre o Azerbaijão, na última terça-feira, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022

Cristiano Ronaldo fará a sua reestreia pelo Manchester United neste sábado, às 11 horas (de Brasília) diante do Newcastle, pela quarta rodada da Campeonato Inglês. O astro português volta ao estádio Old Trafford, casa dos "Diabos Vermelhos", para iniciar a missão de recuperar a autoestima do clube, que não vence a competição nacional há oito anos e não ergue um troféu internacional há quatro.

O jogador de 36 anos não esteve em campo na vitória da seleção de Portugal por 3 a 0 sobre o Azerbaijão, na última terça-feira, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, e treinou com os novos companheiros durante a semana. Justamente pelo pouco tempo de treinamento, sua titularidade não é garantida para a partida deste sábado. O Newcastle, com apenas um ponto em três jogos, pode ser um adversário ideal para o atacante reestrear.

Há pouco mais de uma semana, o anseio do torcedor do Manchester United para ver Cristiano Ronaldo novamente com a camisa do clube por pouco não deu lugar a um sentimento de ingratidão. Isso porque durante boa parte do período de transferências na Europa, o jogador cinco vezes melhor do mundo foi especulado no rival Manchester City. A equipe do técnico espanhol Pep Guardiola via o astro português como uma boa alternativa no mercado após não conseguir tirar Harry Kane do Tottenham.

O Manchester United, no entanto, agiu com rapidez e negociou a contratação do astro português junto à Juventus por 25 milhões de euros (cerca de R$ 155 milhões). Poucos dias antes do acordo, Cristiano Ronaldo externou à diretoria da equipe de Turim o seu desejo de deixar o clube após três anos, marcados por seguidos insucessos na Liga dos Campeões da Europa e a perda do título do Campeonato Italiano na última temporada para a Internazionale.

Revelado pelo Sporting Lisboa, Cristiano Ronaldo chegou ao Manchester United aos 18 anos, na temporada 2003-2004. Saiu seis anos depois já consagrado como um dos grandes nomes do futebol mundial, com nove títulos conquistados, incluindo três edições do Campeonato Inglês, além da Liga dos Campeões e do Mundial de Clubes da Fifa de 2008.

No Real Madrid, o português escreveu o seu nome entre os maiores da história, com mais quatro títulos da Liga dos Campeões e outras quatro eleições de melhor do mundo, entre 2013 e 2017. Ele é o maior artilheiro da história do clube espanhol, com 450 gols em nove temporadas.

O Manchester United está em terceiro lugar no Campeonato Inglês, com sete pontos, e espera um tropeço do Tottenham, líder isolado com nove, contra o Crystal Palace para tentar alcançar a ponta da tabela de classificação.

Escrito por:

Estadão Conteúdo