Publicado 10 de Setembro de 2021 - 1h11

Por Estadão Conteúdo

A britânica Emma Raducanu derrotou a grega Maria Sakkari, neste início de madrugada de sexta-feira, em Nova York, por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/4, em 1h20, e garantiu presença na final do US Open, último Grand Slam do ano.

Raducanu, de 18 anos, é a primeira tenista a sair do qualificatório e alcançar a final de um Grand Slam. Ela já disputou nove partidas no torneio e venceu todos os 18 sets disputados. Na final, sábado, a britânica vai enfrentar a canadense Leylah Fernandez, de 19 anos, que bateu a bielo-russa Aryna Sabalenka.

Raducanu tenta repetir o feito de Virginia Wade, campeã em 1968 e única mulher britânica a disputar a final do tradicional torneio norte-americano na Era Aberta.

No primeiro set, Raducanu salvou sete break-points e conseguiu quebrar o serviço de Sakkari duas vezes, abrindo 5 a 0. Logo no início do segundo set, a britânica obteve outra quebra de serviço e passou a pressionar o serviço de Sakkari, sem deixar que a grega devolvesse a quebra. Sólida no saque, Raducanu atuou firme para consolidar sua vaga em uma final de Grand Slam pela primeira vez.

Escrito por:

Estadão Conteúdo