Publicado 09 de Setembro de 2021 - 12h06

Por Estadão Conteúdo

As desconfianças se confirmaram e, nesta quinta-feira, o técnico António Oliveira pediu demissão do Athletico-PR. A decisão foi tomada um dia após a eliminação para o FC Cascavel, em Cascavel (PR), na semifinal do Campeonato Paranaense. Na oportunidade, o clube rubro-negro cancelou a entrevista coletiva do comandante português.

Sem vencer há seis jogos no Campeonato Brasileiro, António Oliveira deixa o Athletico-PR após 40 jogos com 21 vitórias, sete empates e 12 empates. Teve um aproveitamento de 58,3%. Apesar da queda no Estadual, o clube paranaense segue firme no Brasileirão, na Copa do Brasil (está nas quartas de final contra o Santos) e na Copa Sul-Americana (joga pelas quartas contra o Peñarol, do Uruguai).

O experiente Paulo Autuori, enquanto não há um consenso entre a diretoria se haverá a contratação de um novo técnico, deve exercer as funções de diretor e treinador, ao lado dos auxiliares Bruno Lazaroni e Bernardo Franco.

O próximo desafio do Athletico-PR será neste sábado, às 16 horas, contra o América-MG, no estádio Independência, em Belo Horizonte, pela 20.ª rodada do Brasileirão. Na sequência, na terça-feira, na Arena da Baixada, em Curitiba, o desafio será o duelo de volta contra o Santos - na ida, em Santos, derrota por 1 a 0.

Escrito por:

Estadão Conteúdo