Publicado 08 de Setembro de 2021 - 22h41

Por Estadão Conteúdo

A britânica Emma Raducanu e a grega Maria Sakkari vão disputar, nesta quinta-feira, uma das semifinais do US Open, o último Grand Slam do ano. Nesta quarta-feira, em Nova York, Raducanu eliminou a suíça campeã olímpica Belinda Bencic, enquanto Sakkari bateu a checa Karolina Pliskiva. A outra vaga na final será definida no confronto entre a canadense Leylah Fernandez e a bielo-russa Aryna Sabalenka.

Raducanu, de 18 anos, número 150 do mundo, venceu Bencic ,por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4, em 1h25 de partida. Esta foi a oitava vitória da tenista no torneio, pois ela iniciou a disputa no qualificatório. A britânica venceu os 18 sets que disputou na competição.

No primeiro set, Bencic abriu 2 a 0, mas não resistiu ao forte ritmo imposto por Raducanu, que buscou a igualdade em 3 a 3 e fechou o set com mais três games. No segundo set, Bencic quase obteve uma qeubra de saque no segundo game, mas acabou tendo o serviço quebrado no quinto game, garantindo a vantagem da tenista britânica até o fim da disputa.

Na outra partida das quartas de final, Maria Sakkari, 18º do ranking, precisou de 1h20 para derrotar a checa Karolina Pliskova, com um duplo 6/4. A grega já repete seu melhor resultado em um Grand Slam, pois também alcançou a semifinal em Roland Garros neste ano.

Com um saque preciso, Sakkari venceu o primeiro set. No segundo, a grega foi sólida no fundo de quadra e soube pressionar a adversária em momentos decisivos para vencer o difícil duelo.

Escrito por:

Estadão Conteúdo