Publicado 08 de Setembro de 2021 - 13h41

Por Gustavo Côrtes e Sofia Aguiar

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira, 30, em entrevista à Rádio Rede Fonte de Comunicação, que o presidente americano Joe Biden tem "obsessão pela questão ambiental". Segundo o chefe do Executivo, a relação entre o Brasil e os Estados Unidos se mantém estável, embora admita a existência de ruídos devido às diferenças de visões de mundo.

"Da minha parte, o Brasil está portas abertas, pronto para continuar conversas com o governo americano. Obviamente, o governo Biden é um governo mais de esquerda, um governo que tem quase uma obsessão pela questão ambiental. Isso atrapalha um pouquinho a gente", disse o presidente, que disse ter torcido para o ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump, por quem Bolsonaro sempre demonstrou admiração. "Antes de eu assumir eram governos que não tinham qualquer simpatia pelo povo americano, então esse diálogo não era bom. Comigo, está bom. Nós mantemos o contato com o governo americano sobre os problemas que existem na América Latina", completou.

STF

Ao fim da entrevista, Bolsonaro minimizou seu embate com o Supremo Tribunal Federal (STF), que o incluiu no rol de investigados no inquérito das fake news, conduzido pelo ministro Alexandre de Moraes, por declarações contra o sistema eletrônico de votação. O presidente disse ter críticas a membros específicos de outros Poderes, mas não às instituições do Judiciário e do Legislativo. "Você não vê um só ataque meu ao Supremo Tribunal Federal ou ao Parlamento como um todo. Eu tenho críticas, sim, no tocante ao senador ou outro, um deputado ou outro, um ministro do STF ou outro. Todo mundo tem esse direito de criticar", disse.

Escrito por:

Gustavo Côrtes e Sofia Aguiar