Publicado 07 de Setembro de 2021 - 21h11

Por Estadão Conteúdo

O Coritiba é mais líder do que nunca. O time paranaense disparou na primeira posição ao bater o Brusque por 4 a 0, na noite desta terça-feira, no estádio Couto Pereira, pela 23ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O time catarinense teve alguns bons momentos, mas foi amplamente dominado pelos paranaenses, que poderiam ter deixado o campo com um placar ainda mais elástico.

Com o resultado, o Coritiba conquistou a segunda vitória consecutiva na competição e chegou aos 45 pontos. São cinco a mais que o vice-líder CRB. O Brusque soma 27 pontos e conheceu seu nono jogo sem vitória, o quinto sem marcar um gol sequer.

O Coritiba foi em campo com força máxima, pressionou o Brusque desde o início e abriu o marcador aos 12 minutos. Robinho recebeu de Léo Gamalho, fez o que quis com a defesa adversária e cruzou na medida para Igor Paixão, que desviou de cabeça para o fundo das redes. O segundo saiu logo na sequência. Val arriscou de longe, a bola sobrou para Luciano Castán ampliar.

Após fazer o segundo, o Coritiba abaixou a guarda e chegou a ser pressionado pelo Brusque. O momento de "apagão" durou pouco. Não demorou para o time paranaense assumir novamente o domínio do jogo e criar boas oportunidades de gol. A melhor com Léo Gamalho. O atacante foi derrubado por Éverton Alemão dentro da área, pênalti. O artilheiro bateu, mas parou na defesa do goleiro Ruan Carneiro.

O arqueiro trabalhou ainda mais no primeiro tempo. O VAR foi acionado e mandou a cobrança voltar, já que Ruan Carneiro havia adiantado. Léo Gamalho tentou, de novo, e, novamente, ficou na defesa do goleiro, que evitou um placar ainda mais elástico nos primeiros 45 minutos da partida.

No segundo tempo, o Coritiba voltou com a mesma ambição do início da etapa inicial e foi logo fazendo o terceiro. Natanael recebeu em liberdade e cruzou para Léo Gamalho. Desta vez, o atacante caprichou um pouco mais e desencantou na noite desta terça-feira. O atacante marcou seu 11º gol na Série B.

E a pressão continuou até o fim. Léo Gamalho ainda teve um golaço anulado por impedimento. O quarto saiu dos pés de Matheus Sales. O volante avançou em liberdade, fez fila na defesa do Brusque e chutou para defesa de Ruan Carneiro. Na sobra, o ex-palmeirense ampliou o marcador.

Com larga vantagem, o Coritiba começou a se poupar, e ainda viu Wilson fazer uma bonita defesa para selar de uma vez mais três pontos para o time paranaense.

Na próxima rodada, o Brusque enfrenta o Vitória na sexta-feira, às 16h, no estádio Augusto Bauer, em Brusque (SC). No mesmo dia, às 19h, o Coritiba recebe o Vila Nova, no Couto Pereira, em Curitiba (PR).

FICHA TÉCNICA

CORITIBA 4 X 0 BRUSQUE

CORITIBA - Wilson; Natanael, Henrique, Luciano Castán e Guilherme Biro (Romário); Willian Farias (Matheus Sales), Val (Gustavo Bochecha) e Robinho (Rafinha); Waguininho, Léo Gamalho e Igor Paixão (Guilherme Azevedo). Técnico: Gustavo Morínigo.

BRUSQUE - Ruan Carneiro; Toty, Ianson, Éverton Alemão e Airton; Zé Mateus, Rodolfo Potiguar (Thiago Alagoano), Marlone (Jhon Cley) e Alex Ruan (Diego Mathias); Garcez (Bruno Alves) e Edu (Fio). Técnico: Jerson Testoni.

GOLS - Igor Paixão, aos 12 e Luciano Castán, aos 19 minutos do primeiro tempo. Léo Gamalho, aos quatro e Matheus Sales, aos 31 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Rodrigo Jose Pereira de Lima (PE)

CARTÕES AMARELOS - Bruno Alves e Rodolfo Potiguar (Brusque)

LOCAL - Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR).

Escrito por:

Estadão Conteúdo