Publicado 06 de Setembro de 2021 - 21h51

Por Estadão Conteúdo

Depois de vencer o Sampaio Corrêa por 3 a 2 na Série B do Campeonato Brasileiro, a Ponte Preta já começou sua preparação para enfrentar o Cruzeiro pela 23.ª rodada. Com cinco vitórias em casa, o desafio do técnico Gilson Kleina é ajustar o time para que mantenha o ritmo longe de seus domínios, uma vez que a partida será disputado em Sete Lagoas (MG), na Arena do Jacaré.

Depois de um início muito fraco na competição, o time campineiro conquistou cinco vitórias consecutivas dentro de casa. "Nós resgatamos a força no Moisés Lucarelli e isso é importante. Essa sequência está nos ajudando e pode fazer a diferença. Precisamos agora mudar na casa dos adversários, onde até temos bons desempenhos, mas não veio resultado ainda. Vamos trabalhar esse foco na semana para que possamos ser fortes também fora de casa", projetou o treinador.

A última derrota da Ponte Preta em casa aconteceu em 17 de julho, quando sofreu 2 a 1 para o Remo. Depois disso, superou Goiás e Londrina, por 2 a 1, Confiança, por 4 a 2, Brusque, por 3 a 0, e Sampaio Corrêa, por 3 a 2. Por outro lado, o time campineiro ainda não venceu fora de casa - são quatro empates e sete derrotas.

Gilson Kleina, porém, viu melhora nas atuações do time e demonstrou esperança em uma vitória longe de Campinas. "A Ponte agora verticaliza a partida, joga pra frente, tenta não ser previsível e esse tem sido o grande diferencial. Ainda temos uma linha de crescimento, mas a equipe está ficando mais coesa e forte. Isso nos dá a esperança de conquistar as vitórias fora de casa", revelou.

O elenco se reapresentou nesta segunda-feira e agendou treinos de manhã até quinta-feira. Ainda na quinta, viaja para Minas Gerais e encerra a preparação na sexta-feira. O jogo será realizado sábado, às 11h. Com 25 pontos, o time paulista quer se distanciar ainda mais da zona de rebaixamento.

Escrito por:

Estadão Conteúdo