Publicado 21 de Agosto de 2021 - 14h34

Por Iander Porcella

A Organização Mundial da Saúde (OMS) lançou nesta segunda-feira, 16, uma campanha para arrecadar US$ 7,7 bilhões com foco no combate às variantes do coronavírus. De acordo com a entidade, esses recursos permitiriam, por exemplo, aumentar significativamente os testes de covid-19 e melhorar a detecção das novas cepas.

"O aumento das taxas de infecção, resultando no aumento de hospitalizações, está sobrecarregando os sistemas de saúde e deixando muitos países com necessidade urgente de oxigênio para salvar vidas", diz um comunicado da OMS, em referência ao impacto da variante delta.

Com mais casos de coronavírus confirmados nos primeiros cinco meses de 2021 do que em todo o ano de 2020, a OMS ainda fala em "fase aguda" da pandemia.

"Testes inadequados e baixas taxas de vacinação estão exacerbando a transmissão de doenças e sobrecarregando os sistemas de saúde locais, enquanto deixam o mundo inteiro vulnerável a novas variantes", afirma outro trecho da nota.

Escrito por:

Iander Porcella