Publicado 19 de Agosto de 2021 - 21h10

Por Estadão Conteúdo

Em confronto direto pelo G-4 - o grupo de acesso à primeira divisão -, o Goiás visitou o Brusque e venceu por 1 a 0, no estádio Augusto Bauer, em Brusque (SC), pela 19ª e última rodada do primeiro turno da Série B do Campeonato Brasileiro. O único gol da partida foi marcado pelo atacante Alef Manga.

O resultado colocou o Goiás na vice-liderança, com 34 pontos. Dois atrás do líder Coritiba. Além disso, essa foi a primeira vez no campeonato em que o time goiano conseguiu emplacar sequência de duas vitórias consecutivas - havia vencido o Guarani, por 2 a 1, na rodada passada.

Já o Brusque perdeu a chance de encostar no grupo dos quatro primeiros colocados. Os catarinenses ficaram com os mesmos 25 pontos, mas caíram para 13º. A diferença para o CRB (4º) agora é de seis pontos.

Os primeiros 45 minutos foram bastante movimentados e com os dois times criando chances de abrir o placar. O Brusque assustou logo aos 13, quando o volante Alex Ruan recebeu lançamento, "chapelou" o zagueiro Reynaldo e finalizou forte, obrigando o goleiro Tadeu espalmar para o lado.

Apesar do susto, o Goiás não se intimidou e poderia ter balançado as redes em dois lances de Alef Manga. O primeiro aconteceu aos 26, quando o atacante finalizou cruzado, mas Apodi chegou atrasado para concluir. E, depois aos 44, quando ele chutou forte, nas mãos do goleiro Zé Carlos.

No segundo tempo, o Brusque manteve a postura ofensiva e logo aos nove minutos teve tudo para fazer o primeiro gol. Edu, artilheiro do campeonato com 11 gols, recebeu na grande área sem marcação e finalizou cruzado, sem direção, desperdiçando ótima chance.

O Goiás voltou mal para a etapa final e esteve inoperante até os 30 minutos, quando conseguiu surpreender o Brusque e abrir o placar. Alef Manga recebeu na ponta esquerda, cortou para dentro e finalizou forte. A bola desviou em Sandro, tirando o goleiro Zé Carlos da jogada.

Em desvantagem, o Brusque esboçou pressão final e quase empatou aos 44. Thiago Alagoano cobrou falta e acertou o travessão. No rebote, Sandro tentou de cabeça e mandou rente à trave. Melhor para o Goiás, que depois segurou a vitória até o apito final.

O Brusque volta a campo no domingo para enfrentar a Ponte Preta, às 20h30, no Moisés Lucarelli, em Campinas (SP). Já o Goiás, no mesmo dia, mas às 16 horas, receberá o Sampaio Corrêa, no Serrinha, em Goiânia (GO).

FICHA TÉCNICA:

BRUSQUE 0 x 1 GOIÁS

BRUSQUE - Zé Carlos; Nonato (Sandro), Claudinho, Ianson e Airton (Fio); Rodolfo Potiguar, Alex Ruan, Bruno Alves (Diego Mathias) e Garcez; Edu e Thiago Alagoano. Técnico: Jerson Testoni.

GOIÁS - Tadeu; Apodi (Fellipe Bastos), Iago Mendonça, Reynaldo e Hugo; Rezende, Caio Vinicius, Dieguinho e Elvis (Albano); Alef Manga (Dadá Belmonte) e Nicolas (Daniel Oliveira). Técnico: Marcelo Cabo.

GOL - Alef Manga, aos 30 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Zé Carlos, Alex Ruan e Edu (Brusque); Iago Mendonça e Alef Manga (Goiás).

ÁRBITRO - Paulo Henrique Schleich Vollkoph (MS).

RENDA E PÚBLICO - Jogo sem torcida.

LOCAL - Estádio Augusto Bauer, em Brusque (SC).

Escrito por:

Estadão Conteúdo