Publicado 19 de Agosto de 2021 - 11h19

Por Daniel Weterman e Amanda Pupo

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid iniciou a reunião desta quinta-feira, 19, para ouvir o dono da Precisa Medicamentos, Francisco Maximiniano. Além do depoimento, o colegiado pautou 187 requerimentos para acessar informações e avançar nas investigações. Na oitiva desta quinta, Maximiano comparece à CPI beneficiado por um habeas corpus que lhe garante o direito a não se incriminar e a permanecer em silêncio.

Escrito por:

Daniel Weterman e Amanda Pupo