Publicado 19 de Agosto de 2021 - 0h34

Por Estadão Conteúdo

A direção do Náutico confirmou no final da noite desta quarta-feira a contratação do técnico Marcelo Chamusca, ex-Botafogo, para substituir Hélio dos Anjos, que pediu demissão pela manhã. Após cinco derrotas consecutivas, os dirigentes fizeram o mais fácil: trocaram o comando técnico.

Baiano de 54 anos, Chamusca ostenta a fama de ser um técnico de acessos. Ele vai desembarcar em Recife para dar um rumo diferente ao elenco do Náutico e espera usar a sua experiência como único técnico a subir times em três divisões.

Tirou o Salgueiro da Série D para a Série C em 2013, o Guarani para a B em 2016 e o Ceará para a elite em 2017. Ano passou montou o time do Cuiabá que chegou à elite pela primeira vez na história.

No início da temporada, Chamusca assumiu o Botafogo com a missão de buscar o acesso. Disputou o Campeonato Carioca e no total comandou a equipe em 27 jogos, com nove vitórias, 12 empates e seis derrotas. Um aproveitamento de 50%. Após dez rodadas na Série B deixou o time carioca na décima posição. Perdeu o emprego e foi substituído por Enderson Moreira.

A saída de Hélio dos Anjos não agradou ninguém. O atacante Kieza se manifestou nas redes sociais criticando a diretoria, mas depois apagou a mensagem. A torcida também não aprovou a atitude da diretoria.

Desde o início da competição, Hélio dos Anjos vinha pedindo reforços para a diretoria. E não falava em grandes nomes, nem em quantidade. "Só preciso de três ou quatro nomes" repetia. Campeão pernambucano de 2021, ele manteve o time na liderança da Série B até a 14.ª rodada.

Escrito por:

Estadão Conteúdo