Publicado 19 de Agosto de 2021 - 0h04

Por Estadão Conteúdo

Apesar de sair na frente no placar, o Vasco voltou a vacilar na noite desta quarta-feira e perdeu, de virada, para o Londrina, por 2 a 1, em São Januário, no Rio de Janeiro, pela 19.ª rodada, a última do primeiro turno da Série B do Campeonato Brasileiro. Foi a primeira derrota do Vasco como mandante, ruindo uma invencibilidade de sete jogos - eram seis vitórias e um empate.

Esta foi a segunda partida sem vitória do Vasco, que já vinha de derrota para o Remo, por 2 a 1, em Belém (PA). Com o resultado, o time carioca caiu para a décima posição, com 28 pontos. Se vencesse, ganharia cinco posições e entraria provisoriamente no G4 grupo de acesso.

Já o Londrina engatou a segunda vitória consecutiva, permaneceu em 17.º lugar, mas agora com 19 pontos. Mesma pontuação que a Ponte Preta (16.ª), só que em desvantagem por ter pior saldo de gols: -5 a -6.

O primeiro tempo foi muito fraco tecnicamente e com o Vasco tendo ligeira superioridade. Como de costume, German Cano foi o homem mais perigoso do time carioca, mas acabou pecando nas finalizações em duas oportunidades.

Na primeira, aos 28 minutos, Zeca cobrou escanteio, Romulo desviou de cabeça e Cano, sem marcação, furou na finalização. A segunda oportunidade aconteceu logo depois, aos 30, quando Léo Matos recebeu na direita e cruzou para o atacante cabecear por cima do travessão.

Ainda antes do intervalo, o Vasco acertou a trave do Londrina. Aos 40, Léo Jabá recebeu na entrada da área e finalizou. A bola desviou em Saimon, subiu e tocou sutilmente na trave, saindo pela linha de fundo.

Só que no segundo tempo e bola foi para as redes. Logo aos oito minutos, Léo Jabá foi até a linha de fundo e cruzou na área. A bola passou por toda a marcação, menos por Marquinhos Gabriel, que encheu o pé esquerdo e abriu o placar para o Vasco.

O gol deixou a partida mais movimentada, obrigando o Londrina a sair ao ataque para buscar o empate. E ele quase veio aos 19 minutos, quando Saimon aproveitou cobrança de escanteio e cabeceou para ótima defesa de Lucão, que se esticou e mandou para escanteio.

Mais incisivo com a bola nos pés, o time paranaense chegou ao empate aos 25 minutos. Caprini arriscou chute forte de fora da área, Lucão espalmou para frente e Marcelinho, de cabeça, completou para o gol, deixando tudo igual.

O empate não servia para o Vasco, que se atirou no ataque pela vitória. Só que teve dificuldades para passar pela forte marcação do Londrina e sofreu a virada.

Aos 40 minutos, Alisson Safira invadiu a área e foi derrubado por Ricardo Graça. O mesmo Safira foi para a cobrança aos 42 minutos e não desperdiçou, chutando no meio do gols e selando a vitória dos visitantes.

O Vasco volta a campo no sábado para enfrentar o Operário, às 19 horas, no Germano Kruger, em Ponta Grossa (PR). Enquanto o Londrina jogará no domingo diante do Brasil de Pelotas, às 18h15, no estádio do Café, em Londrina (PR).

FICHA TÉCNICA

VASCO 1 X 2 LONDRINA

VASCO - Lucão; Léo Matos, Miranda, Ricardo e Zeca; Romulo (Figueiredo), Juninho (Bruno Gomes) e Sarrafiore (Gabriel Pec); Marquinhos Gabriel (Matías Galarza), Léo Jabá (Caio Lopes) e German Cano. Técnico: Lisca.

LONDRINA - César (Dalton); Matheus Bianqui, Saimon, Lucas Costa e Felipe; Tárik (Jean Henrique), Jhonny Lucas, Celsinho (Caprini) e Gegê (Bidía); Marcelinho (Luiz Henrique) e Alisson Safira. Técnico: Márcio Fernandes.

GOLS - Marquinhos Gabriel, aos oito; Marcelinho, aos 25; e Alisson Safira, aos 42 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Salim Fende Chavez (SP).

CARTÕES AMARELOS - Matheus Bianqui, Saimon, Tárik e Alisson Safira (Londrina).

RENDA E PÚBLICO - Portões fechados.

LOCAL - Estádio São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)

Escrito por:

Estadão Conteúdo