Publicado 18 de Agosto de 2021 - 23h44

Por Estadão Conteúdo

Apesar da goleada por 5 a 1, em Brasília, e o placar agregado de 9 a 2 sobre o Olimpia (PAR) nas quartas de final da Copa Libertadores, o atacante Gabriel deixou o gramado do estádio Mané Garrincha, em Brasília, eleito o melhor em campo e pregando cautela no Flamengo para seguir sonhando com mais um título continental.

"Foram dois jogos difíceis, trabalhamos bastante, fizemos nosso futebol, trabalhamos e estamos bem. Todo mundo reconhece o futebol do Flamengo, todo mundo sabe os jogadores que o Flamengo tem, a Nação que o Flamengo tem. Vamos com os pés no chão para a próxima", disse o atacante.

Dos nove gols do Flamengo sobre o Olimpia, Gabriel fez quatro, sendo dois no confronto de ida e outros dois no jogo da volta. Ao todo são dez gols na edição 2021 da Libertadores, liderando sozinho a artilharia da competição.

Gabriel também foi questionado sobre o fato de poder passar Zico em número de títulos da Libertadores pelo Flamengo. Cada um tem uma conquista, já que Zico levantou a taça em 1981 e Gabriel em 2019. "Zico é nosso rei. Não precisamos comparar com ninguém. Vamos seguindo assim, trabalhando, tentando, não vai ser fácil. Vamos ver quem a gente enfrenta. Vamos lutar bastante, e tentando se divertir dentro de campo", completou Gabriel.

Classificado, agora o Flamengo aguarda o confronto entre Barcelona (EQU) e Fluminense, nesta quinta, para saber quem será seu adversário na semifinal. Na ida os times empataram por 2 a 2, no Maracanã.

Escrito por:

Estadão Conteúdo