Publicado 18 de Agosto de 2021 - 18h30

Por Gabriel Bueno da Costa

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou nesta quarta-feira que deseja avançar mais rápido na vacinação contra a covid-19 no país, diante da ameaça da variante Delta do vírus. Durante discurso neste dia 18, Biden notou que a variante Delta é duas vezes mais contagiosa que a Alfa, mas garantiu que sua administração está preparada para enfrentar o problema.

Biden defendeu a estratégia dos EUA de aplicar uma terceira dose em todos os adultos, anunciada mais cedo pela Casa Branca.

Segundo ele, alguns criticam o fato, dizendo que o país deveria esperar a imunização em outras nações avançar mais. Ele disse discordar do argumento, afirmando que os EUA conseguirão dar esse reforço e ainda continuar a doar vacinas para países que necessitam.

O presidente também anunciou que os funcionários de casas de repouso que recebem pacientes dos serviços federais de saúde, Medicare e Medicaid, terão de se vacinar contra a covid-19.

Ele elogiou iniciativas do setor privado para obrigar os funcionários a se imunizar, reduzindo os riscos para todos. "A exigência de vacinação é algo que existe há décadas" para várias doenças, lembrou. "A chave para nossa economia avançar é ter pessoas vacinadas e trabalhando."

Biden também enfatizou a importância do uso de máscaras para conter as transmissões do vírus. Segundo ele, elas são cruciais, sobretudo para os não vacinados, inclusive para crianças.

Escrito por:

Gabriel Bueno da Costa