Publicado 18 de Agosto de 2021 - 9h49

Por André Marinho

A Moderna divulgou nesta sexta-feira, 13, os resultados de um estudo que indicaram que a vacina da farmacêutica contra a covid-19 garante anticorpos neutralizantes para as principais variantes do vírus por até seis meses após a aplicação da segunda dose. As mutações em questão incluem a alpha, delta e gama. De acordo com os testes, embora tenha havido relativa queda da eficácia, o imunizante reteve a proteção contra a doença durante o período. "Esses dados reforçam a eficácia durável de 93% observada com a vacina da Moderna para covid-19 por seis meses", destacou o CEO da empresa, Stéphane Bancel.

Escrito por:

André Marinho