Publicado 17 de Agosto de 2021 - 18h08

Por especial para a AE

Por Rafael Sant'Ana Ferreira

Os campeonatos europeus estão de volta. E agora com público nos estádios. Ao contrário de anos anteriores, os fãs do futebol no Velho Continente tem várias opções para acompanhar seus times aqui no Brasil. Tanto na TV aberta quanto na fechada, as emissoras investiram para oferecer o maior número de competições aos torcedores.

As opções são bastante variadas. O preço médio para adquirir um plano de TV fechada que tenha os canais de esporte é de R$ 90,00. Os serviços de streaming também aparecem nessa corrida pela atenção do brasileiro como boas alternativas. Confira abaixo quais os campeonatos de futebol transmitidos no Brasil e por onde você pode assisti-los.

CAMPEONATO INGLÊS

É possível acompanhar o melhor futebol do mundo nos canais do Grupo Disney. A ESPN e a Fox Sports dividem a maioria dos jogos nos cinco canais que oferecem, todos pagos. A plataforma de streaming DAZN (R$19,90 por mês) transmite duas partidas por rodada, mas também é preciso fazer a assinatura do serviço.

CAMPEONATO ESPANHOL

Sem Lionel Messi no torneio, algo que não acontecia havia 17 anos, a LaLiga também passa nos canais Disney. Porém, há uma novidade na ESPN. Desde 31 de julho, a empresa pretende oferecer o Campeonato Espanhol e o Inglês no Star+ (R$ 32, o novo serviço de streaming de entretenimento geral e esportes da companhia americana. Claro, precisa assinar também. A programação traz várias partidas no fim de semana. Basta se familiarizar com a grade para não perder nada.

CAMPEONATO FRANCÊS

Um campeonato que estava desvalorizado, mas que sofreu uma metamorfose após a chegada de Lionel Messi ao Paris Saint-Germain. Todos querem ver o Francês, que tinha em Neymar e Mbappé seus dois principais jogadores. O futebol na França agora também pode ser assistido nos canais Disney. A competição retorna para a empresa (ESPN) depois de três anos.

Nesse meio tempo, a DAZN era a responsável por transmitir a Liga, junto com a BAND, com quem fez uma parceria. Desde a última temporada, o aplicativo OneFootball começou a passar a Ligue 1 também e, por lá, é possível assistir à todos os duelos da rodada de graça. Messi ainda não tem data para estrear.

Sobre a Ligue 1, Gian Oddi, comentarista do grupo Disney e colunista do ESPN.com.br, afirmou que uma das grandes atrações do campeonato vai ser assistir o jogo em alto nível prometido pelo PSG, que contratou reforços de peso para essa temporada. "Talvez a disputa pelo título talvez não seja tão apertada, tão emocionante, mas as pessoas vão querer ver o espetáculo, o show do futebol quando o PSG entrar em campo. E não só por Messi, Neymar e Mbappé, segundo ele, e sim porque o time inteiro é "um verdadeiro Dream Team".

Mas, para o comentarista, a competição na França não se limita ao elenco estrelado parisiense. "A gente pode ter uma disputa muito emocionante nas outras posições, nas brigas por Liga dos Campeões da Europa, então os outros times podem travar batalhas mais equilibradas, mais emocionantes", disse.

CAMPEONATO ITALIANO

Após um período sem transmissões, o calcio voltou às telas brasileiras pela Band, que em parceria com a BandSports, garantiu o futebol na Itália na TV aberta e fechada. A SporTV também comprou o direito de passar um jogo por rodada, mas por conta do aumento dos valores negociados, as emissoras desistiram de exibir o campeonato. Apesar disso, o grupo Disney decidiu arrematar mais uma competição e também passará a liga de Cristiano Ronaldo em seus canais e no streaming até 2024.

Gian Oddi opinou sobre a volta do Campeonato Italiano à empresa (ESPN): "Acho que significa muito, não só pela tradição e importância que esse campeonato sempre teve, mas porque a gente readquire os direitos em um momento que é indiscutivelmente de alta dessa competição. Muitos críticos já apontaram o último campeonato italiano como o segundo melhor entre as ligas nacionais", disse.

Gian aponta também que a última edição da Eurocopa ajudou a confirmar isso, já que a Itália foi campeã do torneio de seleções. "A liga com mais autores de gols na última Euro foi justamente a italiana. O título evidentemente reforça o campeonato nacional, torna os jogadores da Itália mais conhecidos, quase todos eles jogam no país."

Em seguida, ele ressaltou a tradição do Campeonato Italiano no Brasil e citou os 'novos times' que vêm impressionando nas últimas temporadas. "Você tem clubes cujas ligações com os brasileiros são muito grandes, é o caso do Napoli, da Roma. Aí você tem grandes novidades como Atalanta e Sassuolo, que nos últimos anos vem jogando um futebol muito bonito", afirmou.

Outro fator que torna a competição atraente são os personagens presentes no torneio, como confirma o jornalista. "É um campeonato que tem nomes muito poderosos e midiáticos. Para citar apenas dois, temos Cristiano Ronaldo e José Mourinho, que acabou de chegar."

CAMPEONATO ALEMÃO

Depois de não ter o contrato renovado com a ESPN para a temporada 2020/21, a Bundesliga ficou sem transmissão na TV fechada brasileira. Isso não impediu que a Liga da Alemanha fechasse um acordo com a BAND e com o OneFootball para continuar exibindo a competição no país. A TV aberta e o streaming seguem sendo opções para quem deseja assistir ao futebol na Alemanha.

CAMPEONATO PORTUGUÊS

Para essa temporada, o grupo Disney é a única forma de acompanhar o futebol em terras lusitanas. O Fox Sports e a ESPN dividem as transmissões, mas os jogos devem ficar concentrados na ESPN Brasil. Na última temporada, 134 brasileiros faziam parte da elite portuguesa.

LIGA DOS CAMPEÕES

No começo do ano, a agência licenciada pela Uefa convidou várias empresas para mostrar seus eventos. A Turner, que já transmite os jogos do maior campeonato europeu na TV fechada pela TNT Sports, adquiriu os direitos da competição até a temporada 2023-24. Decidiu também que, além do Estádio TNT Sports (R$ 19,90 por mês), terá outro serviço de streaming para exibir os jogos. Trata-se da HBO Max (R$ 19,90 no plano mais barato), plataforma que foi disponibilizada desde o mês passado e que oferece a transmissão de todas as partidas do torneio, sem custo adicional.

A partir desta terça, começam os jogos pré-eliminatórios do campeonato, já com exibição pela novidade do streaming e pelo SBT, que venceu a concorrência com a Rede Globo e se tornou a emissora oficial da competição europeia na TV aberta.

Em comunicado, a empresa disse que "a chegada da UEFA Champions League reforça nossa crença no futebol como sendo o esporte mais popular de nosso país com total sinergia ao perfil do SBT, que continuará investindo na estratégia de consolidar esse gênero em sua programação, levando sempre os melhores campeonatos para nossas telas, com a missão e o compromisso de atender às expectativas dos espectadores e do mercado publicitário." O SBT também transmitiu a Copa América e mostra jogos da Libertadores da América.

LIGA EUROPA

Na TV aberta, a emissão do segundo campeonato mais importante da Europa fica por conta do SBT e da TV Cultura, que começam a transmitir os jogos em 16 de setembro. Serão 14 partidas ao vivo, sempre às quintas-feiras, às 17h, além da grande final. A partir das quartas de final do campeonato, os jogos serão exibidos simultaneamente com o SBT.

Na TV por assinatura, os canais esportivos da Disney transmitem as partidas da Liga Europa. A empresa será responsável também por mostrar a primeira edição da Uefa Conference League, torneio criado pela entidade no último ano para dar oportunidades a times com menor poder financeiro do continente. A final da competição estará no SBT e na TV Cultura.

Para o diretor de Esporte da TV Cultura, Vladir Lemos, "o interesse crescente pelo futebol europeu e a importância da modalidade no nosso universo esportivo fazem da chegada da Liga Europa à grade de programação da emissora, de certa forma, a coroação de todos os esforços que temos feito nesse sentido, de ter uma presença forte no segmento."

Vale dizer que todos os campeonatos nacionais podem ser assistidos no site de apostas Bet365, que oferece a transmissão das partidas mediante um depósito de qualquer valor na conta do apostador.

Escrito por:

especial para a AE Rafael Sant'Ana Ferreira