Publicado 10 de Agosto de 2021 - 20h54

Por Estadão Conteúdo

Após contratar Adriana Behar como sua CEO, a Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) anunciou nesta terça-feira mais um ex-jogador como reforço em sua atual gestão. Trata-se do ex-levantador Marcelinho, que participou da conquista da medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Pequim-2008.

De acordo com a CBV, Marcelo Elgarten vai atuar diretamente com as competições de quadra, com foco na Superliga. A entidade não deu detalhes sobre o seu futuro cargo. "Para isso, irá conhecer também todas as atividades e áreas de atuação da CBV", disse a CBV, em comunicado.

"Estou muito animado e muito empolgado diante de uma série de fatores que me fez aceitar esse convite. Fiz algumas reuniões com o Radamés (Lattari, vice-presidente da CBV) e com a Adriana, eles acharam que eu tenho a contribuir e chego motivado para isso. A experiência que tenho com o vôlei é muito importante e agora chego para trabalhar com o esporte por trás da mesa", comentou Marcelinho.

O jogador de 46 anos tem vasto currículo com a seleção brasileira. Além de medalhista olímpico, foi campeão mundial, campeão da Copa do Mundo, da Copa dos Campeões, dos Jogos pan-americanos e pentacampeão da Liga Mundial.

"Quero agregar, mas acredito que, neste início, chego até mais para aprender do que para ajudar. Quero conhecer um pouco de tudo e aproveitar ao máximo essa oportunidade de algo que é novo na minha vida e na minha carreira. É uma rotina completamente diferente do que estou acostumado e quero muito conseguir agregar a CBV e ao voleibol brasileiro", declarou.

Escrito por:

Estadão Conteúdo