Publicado 10 de Agosto de 2021 - 19h23

Por Estadão Conteúdo

Um dia antes de sua estreia no Masters 1000 de Toronto, o espanhol Rafael Nadal anunciou sua desistência nesta terça-feira. O tenista, atual número quatro do mundo, alegou dores no pé esquerdo para ficar fora da competição canadense, que já venceu cinco vezes.

"Queria muito jogar aqui, mas agora é o momento de tomar uma decisão e, infelizmente, foi esta que tomei. Não estou conseguindo jogar aqui e me sinto mal por isso. Provavelmente nos próximos dias saberemos mais. Eu tenho esse problema há alguns meses. E, depois de todo o sucesso que tive aqui no Canadá, é muito triste não poder jogar esse ano", disse o espanhol.

Nadal estrearia na quadra dura de Toronto nesta quarta contra o sul-africano Lloyd Harris. Curiosamente, ele foi derrotado pelo rival na semana passada, em Washington, seu primeiro torneio em dois meses. O espanhol não competia desde que foi eliminado por Novak Djokovic na semifinal de Roland Garros, em junho.

Na capital americana, Nadal chegou a vencer na estreia, o local Jack Sock. Mas demonstrou dores no pé esquerdo. "Preciso tentar encontrar um jeito de estar melhor de novo. No final das contas, o mais importante para mim é gostar de jogar tênis. Hoje, com essa dor, não estou conseguindo aproveitar, e realmente não acredito que teria chances de lutar pelas coisas que realmente preciso lutar", declarou.

O problema físico já dura meses, segundo Nadal, que não entrou em detalhes. Mas teria sido motivado sua ausência tanto em Wimbledon quanto nos Jogos Olímpicos de Tóquio, encerrados no domingo. Com a derrota precoce em Washington e o abandono antes da estreia em Toronto, o espanhol prejudica sua preparação para o US Open, o quarto e último Grand Slam da temporada.

A competição nos Estados Unidos vai começar no dia 30 deste mês. Nadal não indicou se disputará algum outro torneio antes de jogar em Nova York. Aos 35 anos, o espanhol faz temporada abaixo do esperado. Soma 24 vitórias e cinco derrotas, com dois títulos: em Barcelona o Masters de Roma.

No entanto, vem se concentrando somente nas quadras de saibro, onde costuma dominar. Neste ano, porém, decepcionou em Roland Garros ao cair na semifinal. Ele só não jogou em seu piso favorito no Aberto da Austrália e em Washington, na semana passada.

Escrito por:

Estadão Conteúdo