Publicado 10 de Agosto de 2021 - 16h48

Por Circe Bonatelli

As vendas da indústria de materiais de construção no País tiveram alta de 3,6% em julho na comparação com o mesmo mês do ano passado e mostraram queda de 1,0% em relação a junho deste ano. Os dados de vendas, já deflacionados, são da Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat).

No acumulado dos primeiros sete meses do ano, o setor teve vendas 21,4% maiores do que nos mesmos meses do ano passado. E no acumulado dos últimos 12 meses até julho, o crescimento foi de 16,8%.

A Abramat projeta que a indústria de materiais de construção terminará 2021 com crescimento de 8% em relação a 2020.

"O mês de julho mostrou sinais de recuperação para a indústria de materiais de construção. O avanço da vacinação e a flexibilização das atividades em diversos Estados são balizadores que nos levam a enxergar essa projeção", afirmou em nota o presidente da Abramat, Rodrigo Navarro.

O executivo ponderou, entretanto, que há um sentimento de cautela, na espera de avanços nas reformas tributária e administrativa, na retomada do investimento em infraestrutura, na geração de empregos e melhoria do ambiente de negócios.

Escrito por:

Circe Bonatelli