Publicado 10 de Agosto de 2021 - 14h43

Por Estadão Conteúdo

Fábio Assunção completa 50 anos nesta terça-feira, 10. O ator está vivendo uma ótima fase: casado com Ana Verena, 27, desde outubro de 2020, o casal teve uma filha em abril. Alana Ayo é a terceira filha do ator, que também é pai de Ella Felipe, 10, e João Assunção, 18. Com 31 anos de carreira, Fábio lançou recentemente pela GloboPlay a elogiada série Onde Está Meu Coração.

O bom momento vem após um período difícil na vida do ator, de luta contra a dependência química. Ele tem se dedicado às atividades físicas para viver um personagem na série Fim, o que devolveu seu físico atlético e tem rendido muitos elogios às suas postagens nas redes sociais. O ator também está no elenco da segunda temporada de Desalmada.

Os personagens de Fábio Assunção

Desde que chegou à Rede Globo para fazer Meu Bem, Meu Mal, em 1990, já foram mais de 20 novelas e séries na emissora, como o mocinho de Vamp (1991), o filho do Rei do Gado (1996), um dos protagonistas de Por Amor (1997) e Força de um Desejo (1999), o vilão de Celebridade (2004), o mocinho de Paraíso Tropical (2007) e um dos protagonistas de Totalmente Demais (2015), reprisada recentemente.

Fábio também participou de várias minisséries e seriados como protagonista, entre elas: Labirinto (1998), Os Maias (2001), Mad Maria (2005), Dalva e Herivelto - Uma Canção de Amor (2010) e o grande sucesso Tapas & Beijos (2011 a 2015). Além do sucesso na televisão, o premiado ator tem destaque no teatro e no cinema.

Apesar de todo sucesso como um dos maiores galãs da Globo, Fabio teve vários momentos complicados com a dependência química. Em 2008, deixou a novela Negócio da China para se tratar. Em 2010, também deixou o elenco de Insensato Coração e se afastou do trabalho para se tratar, passando por diversas clínicas nos Estados Unidos e no Brasil. Em 2017, novamente se afastou para tratar do vício na Argentina. O ator fala abertamente sobre a questão das drogas e álcool e ajuda instituições que cuidam da doença. Sua última série, Onde Está Meu Coração, trata do assunto.

Em setembro de 2020, o ator publicou um vídeo em comemoração aos seus 30 anos de carreira e escreveu: "Assinei meu primeiro contrato aos 19 anos. (...) Essa profissão me mostrou gente de verdade e gente de mentira. Me levou pra andar pelo mundo afora, para dezenas de países, dezenas de culturas, me abriu a mente, me tornou empático, me humanizou, me ensinou a respirar, a esperar, a sofrer e amar, me fez conhecer o Brasil, cada canto dele. Cada personagem me fez enxergar virtudes e conflitos. O palco é um lugar sagrado onde pulsa a vida imaterial, o mais próximo da completude que já estive. O meu trabalho me apresentou famílias diversas, me trouxe irmãos e irmãs. (...) Devo ao meu trabalho o privilégio de poder dar aos meus filhos o meu melhor, dentro e fora de cena. Não ia deixar esses 30 anos passarem batido, e quero mais, mais e mais. Gratidão ao ofício que aqui reverencio."

Clique aqui

Escrito por:

Estadão Conteúdo