Publicado 09 de Agosto de 2021 - 21h13

Por Estadão Conteúdo

A Prefeitura do Rio de Janeiro anunciou nesta segunda-feira a suspensão do público nos estádios de futebol devido à alta no número de infecções ocasionada pela variante delta do coronavírus. A nota técnica foi publicada no site da Secretaria Municipal de Saúde.

O informativo teve como base o último Boletim Epidemiológico da Semana e notificou a suspensão da autorização da presença de públicos, não só nos estádios, como nos ginásticos e demais equipamentos durante a realização dos eventos esportivos. Segundo a Prefeitura, a circulação da variante também foi outro motivo para a proibição.

Mais cedo, o município já havia vetado a presença de público especificamente para o jogo entre Fluminense e Barcelona de Guayaquil no Maracanã. A Prefeitura do Rio de Janeiro rejeitou o pedido do time carioca para que houvesse torcida no duelo de ida das quartas de final da Libertadores, quinta-feira, às 21h30. Segundo o Fluminense, a ideia era "receber 4.460 sócios convidados (cerca de 5% da capacidade do estádio), já vacinados com a segunda dose e cumprindo uma série de regras de precaução".

No fim de julho a prefeitura havia liberado 10% de público no duelo entre Flamengo e Defensa y Justicia, no Maracanã. A diretoria rubro-negra, no entanto, levou o jogo para Brasília, porque não concordava com as condições estabelecidas (comprovante da vacinação ou teste negativo para covid-19 na entrada).

Escrito por:

Estadão Conteúdo