Publicado 09 de Agosto de 2021 - 18h13

Por Iander Porcella

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, fez um novo apelo para que a população do país se vacine contra a covid-19. Durante um pronunciamento nesta terça-feira, 3, o chefe da Casa Branca disse que a variante delta do coronavírus tem causado uma nova onda de infecções e afirmou que o número de casos deve continuar em alta nas próximas semanas.

"Isso não é sobre política. O vírus não se importa se você é democrata ou republicano. É sobre vida e morte", declarou Biden. O democrata criticou governadores que, segundo ele, atrapalham os esforços do governo federal para aumentar as taxas de imunização no país.

Segundo o presidente americano, os Estados que têm o menor número de vacinados são os mesmos que enfrentam uma piora da pandemia, com aumento de infecções. Ele citou o Texas e a Flórida, governados por republicanos.

"Temos a pandemia dos não vacinados. Quem se vacina quase nunca é hospitalizado", disse Biden. O democrata ressaltou que o governo vai exigir que os funcionários federais se imunizem contra a covid-19 e agradeceu a empresas que tomaram medidas semelhantes, como Walmart, Google e Netflix.

Ao dizer que o governo americano já enviou mais de 100 milhões de doses de vacinas para o exterior, Biden disse que é do interesse da Casa Branca que a economia global se recupere da mesma forma que a dos EUA.

Escrito por:

Iander Porcella