Publicado 09 de Agosto de 2021 - 14h23

Por André Marinho

Em entrevista coletiva nesta quarta-feira, 4, a secretária de imprensa da Casa Branca, Jen Psaki, repercutiu a decisão do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês) dos Estados Unidos de estender a moratório para evitar despejos no país.

A porta-voz explicou que a medida foi, em parte, motivada pelo avanço da variante delta do coronavírus, que "acendeu o alerta" do governo e do Congresso. Segundo ela, a solução é temporária e uma resolução de mais longo prazo requer ação legislativa.

Questionada sobre doses de reforço para a vacina contra o coronavírus, Psaki explicou que ainda não há recomendações de especialistas para esse tipo de medida.

Hoje, a Organização Mundial da Saúde (OMS) exortou os países a evitarem a aplicação de uma terceira dose ao menos até setembro, enquanto algumas nações não conseguem imunizar suas populações. De acordo com Psaki, no entanto, os EUA pretende estar prontos para disponibilizar novas injeções caso a Administração de Alimentos e Medicamentos (FDA, na sigla em inglês) autorize.

Escrito por:

André Marinho