Publicado 08 de Agosto de 2021 - 22h58

Por Agência Estado

Jogadores do Botafogo comemoram a vitória contra a Ponte: com quatro vitórias seguidas, time chega à oitava posição da Série B

Vitor Silva/Botafogo

Jogadores do Botafogo comemoram a vitória contra a Ponte: com quatro vitórias seguidas, time chega à oitava posição da Série B

O Botafogo chegou à sua quarta vitória consecutiva na Série B do Campeonato Brasileiro neste domingo ao vencer a Ponte Preta por 2 a 0, no estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro, pela 16ª rodada. Kevin (contra) e Rafael Moura marcaram os gols da partida.

Com quatro vitórias seguidas, o Botafogo continua subindo na tabela de classificação e agora aparece em oitavo lugar com 25 pontos. Tem dois a menos que o Goiás (4º colocado) e primeiro time dentro do G4 - a zona de acesso.

Já a Ponte Preta segue seu martírio e dentro da zona de rebaixamento. A derrota manteve o time com 13 pontos, mas agora em 18.º lugar. Ainda não sabe o que é vencer fora de casa desde o dia 22 de abril, quando fez 2 a 1 no São Caetano, pelo Campeonato Paulista.

Com bola rolando, o Botafogo tentou envolver a Ponte Preta com o toque de bola. E, com mais presença no setor ofensivo, o time carioca teve a primeira chance de gol. Aos 18 minutos, Chay passou pela marcação de dois jogadores e finalizou forte, rente ao travessão do goleiro Ivan.

A Ponte Preta equilibrou a partida e até chegou ao ataque com duas finalizações de Moisés, a melhor aos 21, em que o goleiro Diego Loureiro defendeu com segurança. Os paulistas encontraram espaços e voltaram a chegar com perigo aos 26, quando Camilo recebeu cruzamento, mas cabeceou fraco.

Só que foi o Botafogo quem abriu o placar. Aos 30 minutos, Daniel Borges lançou Diego Gonçalves na área, mas o lateral-direito da Ponte, Kevin, não viu o goleiro Ivan fora do gol, tentou o recuo de cabeça e mandou para dentro do próprio gol. A bola entrou mansamente no gol. Um lance de desatenção do jogador pontepretano, que até o ano passado defendia o time carioca.

Na frente do placar, o Botafogo soube controlar a partida e poderia ter ampliado o placar no início do segundo tempo. Logo aos dois minutos, Rafael Navarro foi lançado, ficou cara a cara com goleiro Ivan e finalizou pela linha de fundo.

Com a Ponte Preta inoperante e sem esboçar qualquer reação, restou ao time carioca seguir no ataque. Aos 24, Diego Gonçalves passou fácil pela marcação e cruzou para Rafael Navarro, com o bico da chuteira, acertou o travessão. Na sequência a defesa afastou pela linha de fundo.

Com o final do jogo se aproximando, o Botafogo manteve a postura, reforçou a marcação e, após tanto insistir, fez o segundo gol aos 43 minutos. Warley cruzou na área e Rafael Moura, de cabeça, mandou para as redes.

O Botafogo volta a campo nesta quinta-feira para enfrentar o Operário-PR, às 21h30, no estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa (PR). A Ponte Preta receberá o Londrina na quarta, às 19 horas, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 2 x 0 PONTE PRETA

BOTAFOGO - Diego Loureiro; Daniel Borges, Kanu, Gilvan (Joel Carli) e Guilherme Santos; Barreto, Pedro Castro (Matheus Frizzo) e Marco Antônio (Warley); Chay (Rafael Moura), Diego Gonçalves e Rafael Navarro (Luís Oyama). Técnico: Enderson Moreira.

PONTE PRETA - Ivan; Kevin, Fábio Sanches, Rayan e Felipe Albuquerque (Jean Carlos); André Luiz, Vini Locatelli (Léo Naldi) e Camilo (Fessin); Richard (Niltinho), Moisés e Josiel (João Veras). Técnico: Gilson Kleina.

GOLS - Kevin (contra), aos 30 minutos do primeiro tempo; Rafael Moura, aos 43 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Barreto (Botafogo); Rayan (Ponte Preta).

ÁRBITRO - Rodrigo Batista Raposo (DF).

RENDA E PÚBLICO - Jogo com portões fechados.

LOCAL - Estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ).

Escrito por:

Agência Estado