Publicado 08 de Agosto de 2021 - 19h44

Por Associated Press

O Congresso norte-americano retomou neste domingo, 8, uma sessão para analisar o pacote de infraestrutura bipartidário de US$ 1 trilhão. Os parlamentares seguem reunidos desde o início da tarde, na tentativa de superar entraves processuais e levar à medida à votação final. Os líderes prometeram que ficarão o tempo que for necessário para quebrar as objeções republicanas.

Em meio ao vai-e-vem das negociações, o líder da maioria no Senado, Chuck Schumer, disse aos colegas que eles poderiam prosseguir da "maneira mais fácil ou da maneira mais difícil". "Continuaremos avançando até que o projeto seja feito".

A proposta proporcionaria o que Biden descreveu como um "investimento histórico" em programas de obras públicas, como estradas, pontes, acesso à internet banda larga, água potável, entre outros. No sábado, em uma rara união bipartidário, os republicanos se juntaram aos democratas para propor o projeto de lei. Se aprovada, a medida irá para a Câmara dos Deputados.

"Estamos prestes a ver essa mudança no Senado", disse o secretário de Transportes, Pete Buttigieg, citando "uma coalizão notável" que inclui empresários, trabalhadores e legisladores de ambos os partidos.

O senador Bill Cassidy, um dos negociadores do projeto, disse que entre 17 e 18 republicanos indicaram que apoiariam a proposta, o que garantiria sua aprovação. "Poderia ir mais rápido, mas está avançando", disse Cassidy, acrescentando: "E isso é bom, está avançando."

Escrito por:

Associated Press