Publicado 08 de Agosto de 2021 - 19h38

Por Estadão Conteúdo

O primeiro jogo sem a Lionel Messi foi de vitória para o Barcelona. Neste domingo, em um clima de tristeza e saudade, o clube espanhol derrotou a Juventus por 3 a 0, pelo tradicional Troféu Joan Gamper - partida amistosa que serve de apresentação do elenco da temporada para sua torcida. Cerca de três mil pessoas foram ao estádio Johan Cruyff, em Barcelona, e prestaram uma homenagem ao craque - aos 10 minutos, os torcedores presentes gritaram o nome do argentino, que já se despediu da equipe.

O técnico holandês Ronald Koeman e o novo capitão da equipe, o volante Sergio Busquets, falaram ao público e fizeram questão de tentar mandar uma mensagem de esperança à torcida, que agora não terá o seu maior ídolo em campo.

"Apesar da despedida de Messi, estamos muito esperançosos com esse elenco novo, com as contratações e com os jovens, que são o futuro deste grande clube. Estamos convencidos de que daremos alegrias. Com a ajuda, sacrifício e trabalho, vamos atingir o nosso máximo. Sabemos o que representa este clube", declarou Koeman.

"Quero ter uma lembrança especial para Leo. Obrigado, Leo, por levar o Barça ao topo e fazer história. Por todos seus recordes individuais e coletivos. Te desejamos o melhor e vamos sentir sua falta", disse Busquets, que viu o Barcelona vencer com os gols de Memphis Depay, Braithwaite e Riqui Puig.

Lionel Messi se despediu do Barcelona depois de mais de 20 anos no clube, sendo 17 como jogador profissional. Ele marcou 672 gols e anotou 268 assistências em 778 jogos oficiais com a camisa do clube espanhol. Ao todo, o argentino conquistou 35 títulos, dentre eles quatro edições da Liga dos Campeões da Europa e 10 do Campeonato Espanhol. O destino do camisa 10 deve ser o Paris Saint-Germain.

Escrito por:

Estadão Conteúdo