Publicado 07 de Agosto de 2021 - 21h23

Por Estadão Conteúdo

O medo de perder prevaleceu no empate sem gols entre CSA e Avaí, neste sábado à noite, no estádio Rei Pelé, em Maceió, pela 16.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Os dois times não se arriscaram ao ataque e acabaram satisfeitos com a igualdade.

Para o Avaí o empate acabou sendo benéfico por ter sido conquistado fora de casa. O resultado o deixou na quarta posição, com 27 pontos, portanto, dentro da zona de acesso. A equipe está invicta há 11 jogos. O CSA, que vinha de duas derrotas para Botafogo, por 2 a 0, e Remo, com 1 a 0, chega aos 19 pontos, no 12º lugar. Mas pode ser superado pelo Vila Nova-GO, com 18, e que recebe o Sampaio Corrêa neste domingo.

O posicionamento defensivo dos dois times transformou o primeiro tempo num jogo amarrado, sem chances de gol. Os lances de perigo foram raros. Como o cruzamento de Bruno Mota que atravessou toda a pequena área e ninguém apareceu para completar a favor do CSA aos 20 minutos.

Aos 31, o experiente Edilson cobrou falta com força e Thiago Rodrigues sentiu o peso na bola, que saiu de suas mãos. Dez minutos depois Diego Renan também experimentou de longe, mas o goleiro pegou firme desta vez.

No segundo tempo nada mudou e até os dois técnicos demoraram para fazer as suas trocas na tentativa de mudar o panorama. O Avaí, com Rômulo, aos 34 minutos, pegou um sem pulo e exigiu boa defesa de Thiago Rodrigues.

De outro lado, o CSA só teve uma chance real aos 46, quando Yury recebeu na área, de costas, e bateu de virada. A bola já tinha passado por Glédson, mas o zagueiro Rafael Pereira aliviou. Muito pouco para um time que jogava em casa e precisando pontuar par subir na tabela de classificação.

Pela 17ª rodada, o CSA enfrenta o Confiança na terça-feira, às 19 horas, em Aracaju. No mesmo dia e horário o Avaí recebe o Guarani.

FICHA TÉCNICA

CSA 0 X 0 AVAÍ

CSA - Thiago Rodrigues; Éverton Silva, Lucão, Matheus Felipe e Ernandes; Geovane, Gabriel, Silas (Yago) e Bruno Mota (Renato Cajá); Yury (Marco Túlio) e Dellatorre (Reinaldo). Técnico. Ney Franco.

AVAÍ - Glédson; Edilson, Rafael Pereira, Betão e Diego Renan (João Lucas); Bruno Silva, Marcos Serrato (Valdívia) e Lourenço (Jean Cléber); Copete, Getúlio (Rômulo) e Renato (Vinícius Leite). Técnico: Claudinei Oliveira.

ÁRBITRO - Ricardo Marques Ribeiro (MG).

CARRTÕES AMARELOS - Matheus Felipe, Silas, Renato Cajá e Yury (CSA) e Marcos Serrato e Bruno Silva (Avaí).

RENDA E PÚBLICO - Jogo disputado com portões fechados.

LOCAL - Estádio Rei Pelé, em Maceió.

Escrito por:

Estadão Conteúdo