Publicado 07 de Agosto de 2021 - 6h28

Por especial para a AE

Por Toni Assis

O empate contra o São Paulo e interrupção das nove vitórias seguidas no ano tiraram do Palmeiras a pequena gordura que mantinha para seguir folgado na liderança. Agora, para o jogo deste sábado, às 21 horas, contra o Fortaleza, no estádio Allianz Parque, em São Paulo, a missão é voltar a vencer para não ter a liderança sob risco.

O time do técnico Abel Ferreira cumpre uma campanha com bom aproveitamento. Até aqui, são dez vitórias em 14 confrontos e um aproveitamento de 76,2%. O problema é que o Atlético-MG segue a mesma toada, tem o mesmo número de triunfos que os paulistas e está a um ponto do líder (32 a 31).

Ciente da necessidade de manter o Brasileiro sob o seu domínio, o Palmeiras sabe da necessidade de fazer a lição de casa diante do Fortaleza.

Na verdade, o técnico Abel Ferreira não gostou do desempenho de sua equipe no empate contra o São Paulo e aproveitou a semana livre para ajustar a sua equipe. A ausência de compromissos no meio de semana foi usada para que ele definir a recomposição de três desfalques para o encontro deste sábado. Suspensos pelo terceiro amarelo, Felipe Melo, Danilo e Breno Lopes são as ausências.

Na defesa, Luan reaparece para compor o miolo e zaga. No meio-campo, Patrick de Paula fica com a vaga de Danilo. Na frente, Wesley forma o ataque com Deyverson.

Entre os pontos que o técnico português pretende corrigir estão a criatividade no setor de meio-campo e mais agressividade no ataque para chegar ao gol. "Em termos ofensivos não estivemos tão criativos e inspirados.Temos que nos acostumar a libertar da forte marcação individual. O clássico contra o São Paulo foi muito isso", afirmou Abel Ferreira.

O Fortaleza vem embalado pela boa campanha no Brasileiro, onde ocupa a terceira colocação com 27 pontos. Para Lucas Crispim o time precisa manter o foco para conseguir buscar um bom resultado longe de casa. "Temos que manter o ritmo de jogo, a estrutura e a intensidade que sempre colocamos nas partidas".

Nos confrontos contra os paulistas até aqui, o time nordestino teve 100% de aproveitamento. Venceu o Corinthians e o Red Bull Bragantino por 1 a 0, em Fortaleza, e derrotou o São Paulo pelo mesmo placar em pleno Morumbi.

Escrito por:

especial para a AE Toni Assis