Publicado 05 de Agosto de 2021 - 21h14

Por Estadão Conteúdo

O cantor e compositor Gilberto Gil vai concorrer a uma vaga na Academia Brasileira de Letras, confirmou sua mulher Flora ao jornal O Globo.

Além da vaga do diplomata Affonso Arinos de Mello Franco, morto em 15 de março do ano passado, declarada aberta nesta quinta-feira, 5, serão declaradas abertas a candidaturas as vagas do jornalista Murilo Melo Filho, morto em 27 de maio de 2020, do professor Alfredo Bosi, morto em 7 de abril de 2021, e a do advogado e ex-vice-presidente do Brasil Marco Maciel, morto em 12 de junho.

A ABL realizou nesta quinta-feira, 5, a primeira de quatro sessões virtuais para se despedir e homenagear os integrantes mortos recentemente.

Gil pode se candidatar tanto à vaga de Murilo Melo Filho quanto à de Bosi, vagas desde a morte de seus ocupantes, durante o período em que a ABL permaneceu fechada, ao longo da pandemia de covid-19.

A atriz Fernanda Montenegro, os escritores Daniel Mundukuru e Godofredo de Oliveira Neto e o poeta Salgado Maranhão também podem se candidatar às cadeiras vagas na ABL.

Escrito por:

Estadão Conteúdo