Publicado 04 de Agosto de 2021 - 19h28

Por Fabrício de Castro e Eduardo Rodrigues

Ao aumentar o ritmo de ciclo de alta da Selic, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central também avisou que pretende manter o pé no acelerador. O colegiado elevou nesta quarta-feira, 4, a taxa básica de juros em 1,00 ponto porcentual, de 4,25% para 5,25% ao ano, e já sinalizou um novo aumento de mesma magnitude na próxima reunião. Com isso, a Selic pode chegar a 6,25% já em setembro.

"Neste momento, o cenário básico e o balanço de riscos do Copom indicam ser apropriado um ciclo de elevação da taxa de juros para patamar acima do neutro", destacou o Copom.

Apesar dessa sinalização em manter o novo ritmo de aumento da taxa em 1 p.p. - após três altas de 0,75 p.p. - o Copom enfatizou que os passos futuros da política monetária poderão ser ajustados para assegurar o cumprimento da meta de inflação. Mais uma vez, o colegiado afirmou que as próximas decisões dependerão da evolução da atividade econômica, do balanço de riscos e das projeções e expectativas de inflação para o horizonte relevante da política monetária.

Escrito por:

Fabrício de Castro e Eduardo Rodrigues