Publicado 04 de Agosto de 2021 - 14h13

Por André Marinho

Um grupo de senadores republicanos anunciou na tarde desta quarta, 28, que chegou a um acordo com democratas "para as principais questões" relativas ao pacote de cerca de US$ 1 trilhão em investimentos em infraestrutura nos Estados Unidos, à medida que partidários do governo estudam abrir uma possível votação para a pauta já nas próximas horas.

O procedimento seria para decidir se o plenário pode começar a debater oficialmente a proposta. Na semana passada, uma tentativa semelhante para iniciar as discussões fracassou.

"Agora temos um acordo sobre as principais questões", afirmou a repórteres o senador republicano Rob Portman, que lidera o lado da legenda nas negociações. "Estamos prontos para seguir em frente", acrescentou.

Portman disse que acredita que o acordo incluirá US$ 110 bilhões para reformas em estradas e que seria totalmente pago com fontes de receita. A senadora Susan Collins, também da oposição, destacou que a legislação incluiria US$ 65 bilhões para expandir o acesso à Internet de banda larga.

O lado democrata deve discutir o entendimento nas próximas horas. O líder do partido no Senado, Chuck Schumer, deixou aberta a possibilidade de uma votação esta noite. "Os senadores continuam fazendo bons progressos", pontuou.

As negociações bipartidárias são conduzidas por 10 senadores dos dois partidos. Mesmo que chegue a um acordo, o grupo ainda precisaria convencer correligionários a votarem a favor da matéria, que requer maioria absoluta (60 votos). Os democratas podem ativar uma manobra parlamentar que abre caminho para aprovação por maioria simples, mas os senadores do centro da legenda resistem à ideia. (COM INFORMAÇÕES DA DOW JONES NEWSWIRES)

Escrito por:

André Marinho