Publicado 03 de Agosto de 2021 - 19h24

Por Eduardo Rodrigues

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, e os diretores da instituição participam amanhã, dia 4, do segundo dia de reuniões do Comitê de Política Monetária (Copom) para definir o novo patamar da Selic (a taxa básica de juros), atualmente em 4,25% ao ano.

O diretor de Política Monetária, Bruno Serra Fernandes, no entanto, não participa das reuniões desta semana, por ter testado positivo para covid-19 na semana passada.

A reunião está prevista para começar às 14h30 e, após as 18h30, o Copom informará a decisão por meio de comunicado. De um total de 51 instituições consultadas pelo Projeções Broadcast, 44 esperam pela elevação da Selic iem 1,00 ponto, para 5,25% ao ano. Sete casas aguardam aumento de 0,75 ponto porcentual, com a Selic chegando a 5,00%. Para o fim de 2021, a mediana das projeções indicam uma Selic a 7,0% e, para o fim de 2022, em 7,25%.

Escrito por:

Eduardo Rodrigues

Todos os direitos reservados www.correio.com.br 1980 - 2021