Publicado 03 de Agosto de 2021 - 14h38

Por André Marinho

A Casa Branca voltou a afirmar que não identifica sinais de efeito significativo da variante delta do coronavírus na economia. "O impacto econômico deve ficar amplamente concentrado em comunidades com baixa incidência de vacinação", disse a secretária de imprensa do governo americano, Jen Psaki, nesta terça-feira, 27.

A porta-voz reforçou que os dados sugerem que pessoas vacinadas estão protegidas contra complicações e internações por covid-19, mesmo com a mutação mais transmissível. Segundo ela, não há expectativa de volta a uma situação semelhante a observada no início da pandemia, quando a maior parte das restrições à mobilidade foram impostas.

Escrito por:

André Marinho