Publicado 18 de Julho de 2021 - 20h07

Por Estadão Conteúdo

Um grupo de torcedores de uma organizada do Cruzeiro invadiu a Toca da Raposa II, neste domingo, após arrombar o portão dos fundos do centro de treinamento, localizado em Belo Horizonte. Parte do elenco cruzeirense fazia treino regenerativo um dia depois da derrota por 3 a 0 para o Avaí, pela Série B do Campeonato Brasileiro.

Houve tumulto e alguns torcedores tentaram conversar com os jogadores, que foram surpreendidos pela invasão. Procurado pelo Estadão, o Cruzeiro não informou detalhes sobre o episódio e disse que não pretende se manifestar oficialmente.

Pelas imagens divulgadas nas redes sociais, é possível ver torcedores sem usar máscara e usando uniforme de uma das organizadas do clube mineiro. Parte do muro próximo ao portão dos fundos do CT foi pichado com ofensas e xingamentos ao presidente do Cruzeiro, Sérgio Santos Rodrigues.

O CT cruzeirense foi invadido outras duas vezes recentemente. Em outubro de 2019 e também em 2020, dezenas de torcedores entraram no local sem autorização para pressionar jogadores e comissão técnica. Na primeira, a polícia militar interveio para manter a segurança do centro de treinamento.

Vivendo sua pior crise da história, o Cruzeiro disputa pelo segundo ano consecutivo a segunda divisão do futebol brasileiro. Após exibir dificuldades em 2020, quando sequer esteve perto de obter o acesso para voltar à Série A, o time mineiro repete o roteiro na atual temporada.

Está sem vencer há seis rodadas, com quatro empates e duas derrotas. A última delas aconteceu no sábado, um duro 3 a 0 diante do Avaí, no Mineirão. O time tentará se recuperar na terça-feira, quando enfrentará o Remo, em Belém.

Escrito por:

Estadão Conteúdo