Publicado 18 de Julho de 2021 - 6h27

Por Estadão Conteúdo

Com apenas 11 pontos, o Internacional corre o risco de se aproximar perigosamente da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro ao final da 12ª rodada, a ser disputada neste final de semana. Apesar desta ameaça, o técnico Diego Aguirre deve escalar um time alternativo, neste domingo, às 20h30, diante do Juventude, no Beira-Rio.

A ideia do treinador uruguaio é priorizar a disputa da Copa Libertadores, competição que o time gaúcho obteve um empate sem gols com o Olimpia, no Paraguai, no primeiro duelo das oitavas de final. O jogo de volta, em Porto Alegre, será na próxima quinta-feira e a equipe colorada vai precisar vencer para continuar na disputa.

Um dos atletas que deverão ter um descanso é o meio-campista Patrick, um dos mais utilizados pelo treinador. Outras modificações poderão ser feitas nas laterais. Lucas Mazetti deve entrar no lugar de Heitor, que é o reserva imediato de Renzo Saravia (lesionado). Já Paulo Victor deve retornar pelo lado esquerdo.

Existe a possibilidade de Mauricio e Taison retornarem. Os dois não participaram das últimas partidas do Internacional e desfalcaram a equipe contra o Olimpia.

Já o Juventude está focado em encerrar o jejum de três jogos sem vitória no Brasileirão para se distanciar da zona de rebaixamento. O time soma 13 pontos em 11 rodadas.

Em relação ao último sábado, quando empatou com o Atlético-GO, por 1 a 1, em Caxias do Sul (RS), o Juventude pode ter mudanças. O técnico Marquinhos Santos aproveitou a semana livre, inclusive, para testar uma alteração no esquema tático, trocando o 4-3-3 pelo 4-4-2.

"São situações que podem acontecer durante os jogos ou para até iniciar a partida. É uma postura que me agrada, mas a gente precisa ajudar algumas coisas. Eu gosto de ter dois atacantes próximos do gol e, como temos jogadores de qualidade, fica um jogo muito qualificado", apontou o treinador.

Uma mudança certa é justamente no ataque. Recuperado de uma lesão no joelho, Paulinho Boia assume o lugar de Marcos Vinícios. O técnico ainda deve ganhar duas opções para o banco de reservas: o volante Matheus Jesus e o atacante Roberson.

Escrito por:

Estadão Conteúdo