Publicado 18 de Julho de 2021 - 0h12

Por Estadão Conteúdo

O clima era de muita decepção nos vestiários do Botafogo após a derrota por virada para o Brusque, por 2 a 1, neste sábado à noite, em Santa Catarina, pela 12.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Autor do gol botafoguense, Diego Gonçalves até reconheceu que seu gol foi sem querer, embora tenha tocado de letra.

"O lance foi muito rápido, mas tive a felicidade de estar no lugar certo. A bola bateu em mim e entrou e estou feliz por ter marcado o primeiro gol com a camisa do Botafogo. Foi uma pena perdermos, porque nosso time teve uma boa atuação", comentou o atacante.

Após duas tentativas de Rafael Navarro, a primeira de cabeça e a segunda num chute cruzado, a bola seguiu na direção de Diego Gonçalves que, na intuição, desviou de letra para as redes. Era um gol que dava a esperança do Botafogo conquistar sua primeira vitória como visitante.

"O time deles só trabalhou na ligação direta e nos chuveirinhos para a área. Nosso time jogou mais consciente, principalmente no primeiro tempo", reforçou Gonçalves.

Mas na base dos cruzamentos é que o Brusque conseguiu os gols da virada no segundo tempo e interrompeu uma série de três derrotas consecutivas. O Botafogo ficou com 13 pontos, em 13.º lugar.

A diretoria segue atrás de um técnico para o lugar de Marcelo Chamusca, demitido após o empate com o Cruzeiro, por 3 a 3. O diretor de futebol, Eduardo Freeland, também tenta acertar o retorno do lateral-esquerdo Jonathan, que defende o Almería, da Espanha, desde 2019.

Escrito por:

Estadão Conteúdo