Publicado 17 de Julho de 2021 - 18h52

Por Com agências internacionais

A esposa do presidente haitiano assassinado, Jovenel Moïse, ferida no ataque que matou seu marido, voltou ao país caribenho neste sábado. Segundo o porta-voz do governo Israel Cantave, Martine Moïse chegou ao Haiti após alta de um hospital de Miami, nos Estados Unidos.

Mais cedo, do hospital, Martine emitiu uma declaração gravada em crioulo acusando os inimigos de seu marido de quererem "matar seu sonho, sua visão, sua ideologia".

Jovenel Moïse foi morto em 7 de julho por homens armados que invadiram sua casa em um ataque que, segundo as autoridades, envolveu haitianos, haitianos-americanos e ex-soldados colombianos.

Escrito por:

Com agências internacionais