Publicado 17 de Julho de 2021 - 16h27

Por Estadão Conteúdo

Brasil de Pelotas e Vitória fizeram um jogo movimentado e intenso, neste sábado, no estádio Bento Freitas, em Pelotas (RS), pela 12.ª rodada. Até parecia uma final, mas se tratava apenas da disputa para ver quem sairia da zona de rebaixamento. O Brasil levou a melhor ao vencer por 1 a 0 o rival baiano.

Além de quebrar um jejum de seis jogos sem ganhar, o time gaúcho saltou para a 15.ª posição, com 11 pontos. Pelo menos de forma provisória, deixa a zona de descenso. O Vitória segue com nove pontos, no 18.º lugar e dentro do Z4.

Sob tensão pela situação dos dois times na classificação, o jogo começou nervoso. Aos poucos, porém, os gaúchos demonstraram mais disposição ofensiva. Mesmo sem conseguir finalizar, empurrava o visitante pra seu campo defensivo.

O gol saiu aos 30 minutos. Gabriel Terra cobrou escanteio pelo lado direito, a defesa rebateu mal e a bola sobrou para Vidal, na linha da grande área. Ele estava sozinho, tanto que teve tempo para ajeitar a bola com a sola do pé e chutar. Houve desvio na defesa e a bola entrou no canto esquerdo do goleiro.

A comemoração dos jogadores também foi digna de uma decisão. Muitos gestos, muita vibração e um abraço de todos no técnico Cláudio Tencatti, que passou a semana ameaçado no cargo. Foi mantido pelo vice-presidente Cláudio Montanelli.

O Vitória voltou diferente no segundo tempo, todo adiantado. Antes do primeiro minuto, após cruzamento do lado direito, Pedrinho apareceu livre na frente ao goleiro Matheus Nogueira. Mas, se atrapalhou no momento da finalização, mandando para bem para fora. Aos oito minutos, o goleiro gaúcho saiu errado pelo alto e Mateus Moraes cabeceou na trave. Outra chance de ouro desperdiçada. O time baiano ainda chutou duas vezes de longe e o goleiro Matheus Teixeira fez boas defesas.

A equipe gaúcha, pressionada, nem se arriscou mais ao ataque. Afinal de contas, os três pontos na Série B valem como grande final. Ao apito final, aos 51 minutos, muita vibração no banco de reservas xavante.

Pela 13.ª rodada, terça-feira, o Vitória recebe a Ponte Preta, em Salvador, enquanto na quarta-feira o Brasil vai até Recife enfrentar o líder Náutico. Os dois jogos vão começar às 21h30.

FICHA TÉCNICA

BRASIL DE PELOTAS 1 X 0 VITÓRIA

BRASIL-RS - Matheus Nogueira; Vidal, Leandro Camilo, Arthur Henrique (Alan Dias) e Kevin; Rômulo, Denilson (Wesley), Luiz Fernando (Jarro Pedroso), Gabriel Terra (Renatinho) e Netto (Gabriel Pierini); Ramon. Técnico: Cláudio Tencati.

VITÓRIA - Ronaldo; Cedric, Thallison Kelven (João Victor), Mateus Moraes e Roberto (Bruno Oliveira); Gabriel Bispo (Wesley Pionteck), Pablo Siles e Fernando Neto (Eduardo); David, Dinei (Eron) e Pedrinho. Técnico: Ramon Menezes.

GOL - Vidal, aos 30 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS - Wesley e Ramon (Brasil) e Mateus Moraes (Vitória).

ÁRBITRO - Leonilson Fernandes Trigueiro Filho (RN).

LOCAL - Estádio Bento Freitas, em Pelotas (RS).

Escrito por:

Estadão Conteúdo