Publicado 17 de Julho de 2021 - 7h07

Por especial para a AE

Por Toni Assis

Problemas de lesões, calendário apertado e ainda um adversário que vem surpreendendo na competição. É esse clima que o São Paulo tenta superar para bater o Fortaleza neste sábado, às 17h, no Morumbi. Além de cravar a sua terceira vitória seguida no Brasileiro, a equipe, busca também o resultado positivo para dar mais moral ao time que, na semana que vem, decide sua permanência na Libertadores contra o Racing, na Argentina.

Entre os problemas de contusões, a baixa mais recente é do atacante Eder. Ele sofreu um estiramento na coxa e se junta a Miranda, Rigoni e Luciano. Outro desfalque importante é Daniel Alves. O motivo, porém, é outro. Ele está em Tóquio, onde vai disputar os Jogos pela seleção brasileira.

Tantos problemas fizeram o técnico Hernán Crespo apostar na base. Diante do Racing, no meio de semana, ele iniciou a partida com seis crias de Cotia.

Para o jogo deste sábado contra o Fortaleza, essa receita deve se repetir. "Eles estão tendo oportunidade e o resultado tem sido satisfatório", declarou. Assim, Diego Costa, Luan, Liziero, Rodrigo Nestor, Wellington e Igor Gomes ganham mais uma chance no Morumbi.

No embalo das duas vitórias na competição, Crespo sabe que o time precisa evoluir. Contra o Bahia, por exemplo, a vitória de 1 a 0 só foi garantida com um gol nos acréscimos. No entanto, num momento de recuperação, o treinador são-paulino deu ênfase ao potencial de seus comandados.

"O calendário é apertado e o processo é difícil. Apesar de não ter tempo para treinar, o elenco me passa confiança para tentar e acreditar neles".

E a parte psicológica começa a trabalhar a favor depois de tempos sombrios na Barra Funda. Foram sete jogos sem vencer, num início conturbado de Brasileiro. Com a mudança de ambiente modificada pela fuga da zona de rebaixamento, Crespo busca agora consolidar essa recuperação com mais três pontos em casa.

Essa marca de três vitórias seguidas, porém, é pequena se comparada ao bom desempenho que o time apresentou no Estadual deste ano sob o comando do próprio treinador. Contando também jogos da primeira fase da Libertadores, o São Paulo chegou a emplacar oito vitórias consecutivas.

O desafio de voltar a vencer jogos em sequência tem, no entanto, um obstáculo considerável: a boa fase do Fortaleza. Com seis vitórias em 11 jogos, o time ocupa a quarta colocação na classificação. Nos últimos quatro confrontos, a equipe comandada por Juan Pablo Vojvoda venceu três e perdeu apenas uma partida. Para além dos bons resultados, vem jogando um ótimo futebol.

Para o jogo no Morumbi, no entanto, a equipe nordestina terá desfalques. O goleiro Felipe Alves, com lesão na coxa esquerda, deve dar lugar a Marcelo Boeck. Wellington Paulista também está fora. Felipe, que cumpre suspensão, completa a lista de baixas. A boa notícia fica por conta do retorno do volante Éderson.

Escrito por:

especial para a AE Toni Assis