Publicado 16 de Julho de 2021 - 7h14

Por Wilson Baldini Jr.

Uma das esperanças de medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020 para o esporte brasileiro, a pugilista Beatriz Ferreira revelou, em entrevista à TV NSports, que já passou por um fato inusitado em sua carreira: teve de lutar com "cocô no calção".

O episódio ocorreu durante um duelo contra a representante dos Estados Unidos. "Comecei a ter a dor de barriga pouco antes de subir no ringue. Pensei que era psicológico, mas não era", disse a atleta, sempre de bom humor.

Como a vontade não deu trégua, Bia disse que foi "incentivada" pelo técnico Mateus Alves. "No primeiro round estava travada, aí fiz ali mesmo", disse a atual campeã dos pesos leves (até 60 quilos). "Nunca corri tanto em cima do ringue. Depois do resultado, cumprimentei a adversária rapidinho. Ainda bem que eu tinha dois shorts".

Escrito por:

Wilson Baldini Jr.