Publicado 30 de Junho de 2021 - 20h33

Por Estadão Conteúdo

Uma onda de calor sem precedentes avança sobre a América do Norte desde a semana passada, gerando temperaturas recordes em partes dos Estados Unidos e do Canadá - onde causou ao menos 134 mortes. Autoridades esperam que as temperaturas permaneçam excepcionalmente altas por mais uma semana. Aqui estão as informações mais importantes sobre o fenômeno:

O que causa uma onda de calor?

As ondas de calor começam quando a alta pressão na atmosfera se move e empurra o ar quente em direção ao solo. Esse ar aquece ainda mais à medida que é comprimido.

O sistema de alta pressão sobre o solo se expande verticalmente, forçando outros sistemas climáticos a mudar de curso. Ele ainda minimiza o vento e a cobertura de nuvens, tornando o ar mais sufocante. É também por isso que uma onda de calor se estende sobre uma área por vários dias ou mais.

O que é uma cúpula de calor?

À medida que o solo aquece, ele perde umidade, o que facilita ainda mais o aquecimento. Em regiões assoladas pela seca, como no oeste dos Estados Unidos, há bastante calor para o sistema de alta pressão reter.

À medida que o calor retido continua a aquecer, o sistema atua como uma tampa em uma panela - recebendo o nome de "cúpula de calor". No noroeste do Pacífico, o calor e a seca estão trabalhando em conjunto, agravando o problema e fazendo com que a temperatura bata cada vez mais recordes.

Quais lugares na América do Norte estão enfrentando uma onda de calor?

Uma das cidades mais quentes do continente na segunda-feira foi Salem, no Estado americano do Oregon, onde a temperatura atingiu 47 graus Celsius. O Canadá bateu o maior recorde de sua história na terça-feira, 29, quando termômetros em Lytton, Colúmbia Britânica, marcaram 49,5 graus.

O Nordeste dos Estados Unidos, sob um sistema climático separado, também está no meio de uma onda de calor de três dias que deve terminar nesta quinta-feira. Boston atingiu 36 graus na segunda-feira, batendo seu recorde para a data, informou o serviço meteorológico americano.

Por que está mais quente do que o normal na América do Norte?

Sabe-se que o mundo se aqueceu em mais de 1 grau desde 1900, e que o ritmo de aquecimento acelerou nas últimas décadas. A linha de base mais quente contribui para eventos climáticos extremos e ajuda a tornar os períodos de calor exacerbado mais frequentes, longos e intensos.

Quando a onda de calor terminará?

Os meteorologistas dizem que as temperaturas permanecerão excepcionalmente altas na próxima semana no noroeste do Pacífico.

Escrito por:

Estadão Conteúdo