Publicado 28 de Junho de 2021 - 16h10

Por Sergio Caldas

O comedimento na adoção de políticas comerciais por países do G20, assim como da Organização Mundial do Comércio (OMC) de forma mais ampla, evitou uma "aceleração destrutiva" de medidas protecionistas que teria prejudicado ainda mais a economia mundial, segundo relatório da OMC de monitoração do comércio.

No documento, porém, a diretora-geral da OMC, Ngozi Okonjo-Iweala, alerta que o comércio ainda sofre obstáculos, o que ajuda a minar esforços globais de aumentar a diversificar a produção de vacinas contra a covid-19.

Segundo o relatório, publicado nesta segunda-feira, o comércio de suprimentos médicos aumentou 16% em meio à pandemia durante 2020, apesar de o valor do comércio global de bens ter encolhido mais de 8% no mesmo período.

No entanto, a OMC ressalta que a covid-19 continua impondo uma séria ameaça à economia global e saúde pública. "A produção de vacinas tem sido lenta e a distribuição, desigual, contribuindo para significativas disparidades de acesso nos países, particularmente para economias emergentes de baixa renda", afirma o documento.

Escrito por:

Sergio Caldas