Publicado 20 de Junho de 2021 - 6h37

Por Estadão Conteúdo

Ainda sem vencer no retorno à elite do Brasileirão depois de 14 anos, o Juventude tenta encerrar o jejum neste domingo, contra o Sport, às 20h30, no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS), pela quinta rodada.

Na zona de rebaixamento, em 18º lugar, com apenas dois pontos, o Juventude não vem aproveitando o fator casa. Em dois jogos no reformado Alfredo Jaconi, o time foi goleado para Athletico-PR e Palmeiras, ambos por 3 a 0.

Depois de um início ruim com um empate e duas derrotas, o Sport conseguiu a sua primeira vitória na última quinta-feira ao bater o Grêmio, por 1 a 0, na Ilha do Retiro, e subiu para a décima colocação, com quatro pontos.

O Juventude vai ter pelo menos uma mudança em relação ao time que foi goleado, na última quarta-feira, pelo Palmeiras. O lateral-esquerdo Alyson sofreu uma lesão muscular na coxa ainda no primeiro tempo e vai ficar afastado dos gramados por pelo menos quatro semanas.

Autor de um gol contra, William Matheus, que fez sua estreia, inicia como titular. O técnico Marquinhos Santos não descarta outras mudanças, como a entrada de Matheus Peixoto no ataque no lugar de Marcos Vinícius.

Sem muito tempo para trabalhar o time depois da vitória sobre o Grêmio, o técnico Umberto Louzer deve apostar na manutenção dos 11 titulares. A expectativa é que os jogadores estejam mais confiantes após encerrar o jejum. "Traz confiança. O atleta quando tem essa confiança tende a evoluir cada vez mais, a potencializar as capacidades, as características. A gente acredita que isso vai acontecer", comentou o treinador rubro-negro.

Escrito por:

Estadão Conteúdo