Publicado 19 de Junho de 2021 - 23h47

Por Estadão Conteúdo

Não teve como esconder a decepção, estampada no rosto e na voz baixa após a derrota do Flamengo, por 3 a 2, para o Red Bull Bragantino, no Maracanã. O atacante Rodrigo Muniz teve uma atuação de gala, marcou dois gols, um deles de bicicleta, porém, não tinha como esconder a tristeza pela primeira derrota no Campeonato Brasileiro.

"Eles jogaram por uma bola e conseguiram. Estou feliz pelos meus gols, que foram bonitos", declarou o jogador de 20 anos, de cabeça baixa. "Mas vou continuar trabalhando bastante, porque o resultado aparece em campo, como aconteceu nesta noite", completou.

Muniz foi quem mais finalizou neste jogo em que algumas estrelas como Gerson e Bruno Henrique estiveram apagadas. Agora ele tem nove gols na temporada, igual a Pedro e só fica atrás de Gabriel Barbosa, com 15.

O Flamengo não sofria gols há cinco jogos e não perdia há 16 jogos, entre Estadual, Copa Libertadores, Copa do Brasil e Brasileirão. Um total de 11 vitórias e 5 empates. A última derrota do Flamengo foi por 3 a 1 no clássico contra o Vasco, pelo Carioca. E o tropeço aconteceu, justamente, na volta do técnico Rogério Ceni, que estava afastado com covid-19.

Na próxima quarta-feira, Gerson fará sua despedida no clube na partida diante o Fortaleza, pela sexta rodada, no Maracanã. Depois ele vai viajar para a França para se apresentar ao Olympique de Marselha, que o contratou por R$ 150 milhões. Mas, em seguida, se juntará à seleção olímpica.

Escrito por:

Estadão Conteúdo