Publicado 19 de Junho de 2021 - 11h28

Por Bruno Villas Bôas

Manifestantes se reúnem na manhã deste sábado (19) no centro do Rio para um ato contra o presidente da República, Jair Bolsonaro, e a favor da vacinação. A concentração começou por volta das 10h no Monumento Zumbi dos Palmares, na Avenida Presidente Vargas, principal via da região central do Rio.

A pista central da Avenida Presidente Vargas foi parcialmente interditada para a caminhada dos manifestantes em direção à igreja da Candelária, marcha com início previsto para 11h15. Guardas municipais e policiais militares acompanham o protesto e orientam o trânsito na região. O ato integra uma série de manifestações convocadas pelo país contra o governo Bolsonaro.

Os manifestantes carregam bandeiras e cartazes pedindo o impeachment de Bolsonaro. Uma faixa culpa o presidente pelas 500 mil mortes da pandemia no Brasil, triste marca que pode ser atingida ainda hoje. Outros manifestantes exibem cartazes demandando a vacinação em massa da população, além de reivindicarem mais educação e saúde. Há bandeiras de partidos como PT, PCdoB, PSTU, Psol.

Nas mobilizações pelas redes sociais, os manifestantes foram a usar máscaras de proteção, levar álcool em gel e manter distanciamento social durante o ato. Os organizadores estão distribuindo máscaras para os participantes do ato. A grande maioria usa máscara. Diferentemente da manifestação de 29 de maio, o ato não vai percorrer ruas estreitas pelo Centro do Rio, para evitar aglomerações.

Escrito por:

Bruno Villas Bôas